Semam e Polícia Ambiental resgatam cães em situação de maus-tratos em João Pessoa - Jornal Diário do Curimataú
Semam e Polícia Ambiental resgatam cães em situação de maus-tratos em João Pessoa

Semam e Polícia Ambiental resgatam cães em situação de maus-tratos em João Pessoa

COMPARTILHE

 


Correio -

Um homem foi autuado pelo crime de maus-tratos contra animais, nessa quarta-feira (30), em João Pessoa. De acordo com a Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), ele mantinha uma cadela e sete filhotes em condições precárias, expostos à chuva e sol. Os animais também estavam anêmicos e com doença do carrapato. O flagrante aconteceu no bairro Cristo Redentor, após denúncia anônima.

Os filhotes e a mãe foram resgatados e levados para uma clínica veterinária. Assim que estiveram saudáveis, eles serão disponibilizados para adoção. O processo é semelhante ao que aconteceu em outubro passado, quando 30 cães da raça spitz foram resgatados de um canil clandestino no bairro do José Américo. Os animais estavam sem abrigo adequado, num local sujo, sem alimentação e água. A casa foi interditada numa ação conjunta da Semam e Polícia Ambiental.

A população pode ajudar órgãos e entidades competentes a combater esse tipo de crime. Informações sobre maus-tratos contra animais podem ser feitas pelo Disque Denúncia da Semam no telefone 3218-9208, que funciona como chatbot e recebe mensagens de áudio e vídeo pelo WhatsApp 24h por dia.

A ação dessa quarta-feira contou com a participação de equipes da Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), Vigilância Sanitária e do Centro de Controle de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com apoio da Polícia Ambiental. O responsável pelos maus-tratos foi autuado com base na Lei de Crimes Ambientais nº 9.605. A pena prevê multa e detenção de três meses a um ano.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.