Em Picuí, comerciante é assassinado com vários tiros na noite desta quinta (1) - Jornal Diário do Curimataú
Em Picuí, comerciante é assassinado com vários tiros na noite desta quinta (1)

Em Picuí, comerciante é assassinado com vários tiros na noite desta quinta (1)

COMPARTILHE

 


Picui Hoje -

Na noite desta quinta-feira (1) na cidade de Picuí, Seridó paraibano, um comerciante identificado como José Wellington, 47 anos, foi morto a tiros. O homicídio foi registrado por volta das 20h20, na Rua Joaquim Xavier de Macedo, no Bairro Monte Santo.

De acordo com informações, dois homens chegaram em uma moto e invadiram a residência em busca de Wellington, que estava em um dos quartos da casa. Pelo menos seis disparos de arma de fogo foram efetuados contra a vítima. Após a execução do crime, os suspeitos fugiram com rumo ignorado.

O SAMU foi acionado para prestar os primeiros socorros, mas os profissionais da saúde puderam apenas constatar o óbito da vítima. Policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba e da 13º Delegacia Seccional de Polícia Civil da Paraíba, foram informados pela população, compareceram ao local e realizaram o isolamento da cena crime.

Uma equipe do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal da Paraíba (NUMOL-PB) realizou os procedimentos de praxe e em seguida a remoção do corpo ao Instituto de Polícia Científica da Paraíba (IPC-PB), na cidade de Campina Grande, onde foi ser submetido à necropsia com posterior liberação para sepultamento.

Segundo informações, atualmente Wellington possuía um bar, onde funcionava jogo de sinuca, no bairro onde residia. Ele havia acabado de chegar do seu estabelecimento comercial.

A vítima era casado e deixa filhos.

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Até o fechamento dessa matéria nenhum suspeito havia sido identificado. Os motivos do crime ainda são desconhecidos.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.