Motorista poderá emplacar seu carro zero quilômetro sem precisar sair de casa, anuncia Detran na Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Motorista poderá emplacar seu carro zero quilômetro sem precisar sair de casa, anuncia Detran na Paraíba

Motorista poderá emplacar seu carro zero quilômetro sem precisar sair de casa, anuncia Detran na Paraíba

COMPARTILHE

 


ClickPB -

A partir desta sexta-feira (23), o motorista poderá emplacar seu carro zero quilômetro pela web, sem precisar sair de casa. O Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) disponibiliza o serviço do primeiro emplacamento de forma eletrônica para os casos da venda simples. Por enquanto, o novo serviço ainda não contempla a venda direta e nem os veículos com isenção tributária. Para isso, ele precisa se dirigir a uma unidade do órgão. Em ambos os casos, a taxa cobrada para emplacamento é de R$ 343.75.  

A implantação do procedimento para primeiro emplacamento no formato eletrônico foi regulamentada por meio da Portaria nº 199/2022.  “Com a nota fiscal eletrônica, o usuário poderá concluir o processo de primeiro emplacamento pela web, indo à unidade do Detran apenas para instalação das placas. Esse procedimento trará agilidade e segurança, dispensando a burocracia, diante do arquivamento eletrônico das informações”, explicou a diretora de Operações, Roberta Neiva, sobre o processo.
 
Como proceder – Para o primeiro emplacamento de forma eletrônica, o usuário deverá ter cadastro junto ao portal www.detran.pb.gov.br para a execução do serviço. Os dados inseridos no portal do Detran-PB são de responsabilidade do usuário. “Ao acessar o ícone do primeiro emplacamento, o usuário deverá preencher os dados referente à chave eletrônica e o número do chassi que constam na nota fiscal do veículo, que deverá ser validado automaticamente pelo sistema”.
 
Ainda de acordo com a portaria, após a validação do processo, se o proprietário preferir, poderá escolher a sequência alfanumérica da placa do veículo, mediante o pagamento da taxa correspondente e a subsequente indicação do local de confecção dessa placa. “O usuário deverá emitir a guia de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores [IPVA] juntamente com a guia para pagamento de taxa de serviço de primeiro emplacamento e, se for o caso,  implementação de gravame e escolha de placa”.
 
Dando continuidade ao procedimento, efetuado o pagamento das guias, o sistema processará a informação após a compensação bancária. “Após a conclusão do processo de forma eletrônica, o usuário deverá agendar para instalação da placa, apresentando o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo Eletrônico (CRLV-e)”, diz a portaria, acrescentando que o proprietário poderá optar em ter a placa instalada na concessionária responsável pela venda do veículo, caso seja localizada no Estado da Paraíba.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.