Mídia nacional repercute reunião de aliados de Bolsonaro que terminou em briga generalizada, em Soledade - Jornal Diário do Curimataú
Mídia nacional repercute reunião de aliados de Bolsonaro que terminou em briga generalizada, em Soledade

Mídia nacional repercute reunião de aliados de Bolsonaro que terminou em briga generalizada, em Soledade

COMPARTILHE



PBAgora -

Os portais nacionais UOL , portal Metrópoles e o O Antagonista, deram destaque ontem (11), a confusão de reunião de aliados do Partido Liberal (PL) neste sábado (10) na cidade de Soledade, na Paraíba. Um vídeo de 2 minutos, publicado em redes sociais, mostra o momento em que apoiadores se desentendem e são apartados. Uma pessoa chega a dizer “ele está querendo puxar a arma”, enquanto um homem contido passa a mão na altura da cintura.

De acordo com o portal Metrópoles, o homem que tenta sacar a arma é o candidato a deputado federal Policial Caio (PL-PB). A briga teria começado a partir de um bate-boca entre o candidato a deputado federal Pastor Jáder (PRTB-PB) e o deputado federal Wellington Roberto (PL-PB).

No Instagram, o candidato Pastor Jáder se pronunciou sobre a confusão e disse que se retirou do local. “O evento foi vendido como um evento de direita, mas se comportava como um evento partidário. Aqueles que querem patentear a direita na Paraíba não têm esse direito”, disse ele em uma sequência de stories.

No microfone, duas pessoas pedem calma na tentativa de conter a confusão. “Vamos manter o respeito, a inteligência, sabedoria”, diz um homem, que chega a pedir a execução do Hino Nacional para conter a briga. A introdução do Hino é tocada, mas a briga fica ainda mais intensa e os homens partem para cima um do outro até serem contidos.

Ontem o portal deu destaque a esse caso – A briga generalizada no encontro da Direita, ocorreu após aliados do cabo Gilberto tentarem impedir fala de Bruno Roberto. O deputado federal Wellington Roberto (PL) reagiu em defesa do filho e a confusão foi generalizada. Um aliado ao deputado estadual Cabo Gilberto (PL), Capitão Brito (PRTB), candidato a deputado estadual, também estava no encontro e se envolveu na confusão contra Bruno. Wellington acusou o Cabo Gilberto de tentar introduzir no encontro outro candidato a senador, o pastor Sérgio, também ligado ao bolsonarismo, mas que não conta com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL).

No vídeo também é possível observar o candidato a deputado federal Caio da Federal partindo para cima de Cabo Gilberto. No momento, alguém diz: “Ele quer puxar a arma”. O clima ficou tenso no ambiente e por pouco não houve troca de tiros, pois muitos estavam armados e exaltados. Travou-se um briga generalizada no local com trocas de tapas e empurra empurra. Nos bastidores, relatos destacam que depois de participar da confusão com membros da direita no interior da Paraíba, o candidato a deputado Caio Federal acabou buscando atendimento médico no Hospital Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa. No final da noite deste sábado, Caio estava na enfermaria do hospital.

Veja o vídeo:


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.