Ministro da Saúde põe fim a emergência sanitária nacional provocada pela pandemia da covid-19 - Jornal Diário do Curimataú
Ministro da Saúde põe fim a emergência sanitária nacional provocada pela pandemia da covid-19

Ministro da Saúde põe fim a emergência sanitária nacional provocada pela pandemia da covid-19

COMPARTILHE

 


Página 1 -

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, na noite deste domingo (17), o fim da situação de emergência sanitária nacional provocada pela pandemia da covid-19. Em pronunciamento feito em cadeia nacional, Queiroga afirmou que irá editar nos próximos dias um ato normativo para encerrar a Espin (Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional). No entanto, o ministro ressaltou que a medida não significa o fim da doença.

“Graças a melhora do cenário epidemiológico, à ampla cobertura vacinal da população e a capacidade de assistência do SUS [Sistema Único de Saúde], temos hoje condições de anunciar o fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, a Espin. Nos próximos dias será editado um ato normativo disciplinando a decisão”, afirmou o ministro, que fez um pronunciamento na noite de hoje, em cadeia nacional de rádio e televisão do país.

A mudança impacta as ações contra o vírus, a exemplo do financiamento de novas ações na saúde pública até medidas epidemiológicas mais práticas, como o controle das fronteiras e a lei de quarentena, conforme avaliam cientistas.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.