IFPB elege primeira mulher ao cargo de reitora. Conheça quem são os vencedores das eleições para direções gerais - Jornal Diário do Curimataú
IFPB elege primeira mulher ao cargo de reitora. Conheça quem são os vencedores das eleições para direções gerais

IFPB elege primeira mulher ao cargo de reitora. Conheça quem são os vencedores das eleições para direções gerais

COMPARTILHE

 


Assessoria -

Eleita com mais de 92% dos votos, gestora vai ficar à frente da instituição até 2026.

A comunidade do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) acaba de eleger, após mais de um século, a primeira mulher escolhida para dirigir a instituição no quadriênio 2022-2026. Trata-se da doutora em Engenharia de Processos, a professora Mary Roberta Meira Marinho. A nova reitora foi eleita com mais de 92% dos votos válidos. A experiência técnica aliada ao amplo conhecimento pedagógico e educacional foram os pontos fortes da campanha da gestora, que a caminhou ao cargo de dirigente máximo.

“É uma honra muito grande enfrentar esse desafio e uma sensação de reconhecimento do trabalho conjunto que realizamos e a resposta veio com ampla maioria dos votos em todas as categorias”, declara a futura reitora. Acesse aqui a apuração dos resultados.

Todo esse acúmulo de conhecimento foi adquirido ao longo de sua história como ex-aluna do curso Técnico em Mecânica pelo IFPB, depois como professora do Ensino Básico e Tecnológico da instituição, além de ter ocupado cargos de Diretora de Ensino, Coordenadora de Curso e de Pró-reitora de Ensino do IFPB. Outro importante cargo exercido por Mary Roberta foi sua condução a Presidente do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Graduação (Biênio 2018/2019).  

Durante toda a campanha, a eleita se apresentou à comunidade de forma didática e detentora das questões abordadas e questionadas por docentes, técnicos-administrativos e discentes. Apresentou seu plano de gestão para os próximos anos, além de ter apresentado suas ações na gestão do ensino à frente da pró-reitoria de Ensino do IFPB. A consistência nos debates promovidos durante o processo eleitoral revelou uma gestora austera e segura de suas propostas, que dão continuidade à política de ensino do reitor Nicácio Lopes do Nascimento.

Para o atual reitor Nicácio Lopes, a conquista se reveste de muitos significados importantes, entre eles, ser a primeira mulher eleita no IFPB, quebrando paradigmas e conquistando espaços. “Ela tem um vínculo identitário com o instituto, um comprometimento extraordinário e está muito preparada em todos os aspectos, além de ser uma liderança contemporânea e na vanguarda de seu tempo”, declara Nicácio.

A reitora eleita vai conduzir uma instituição com cerca de 36 mil estudantes, 1414 docentes e 1075 técnicos-administrativos espalhados por 21 unidades em todo o Estado, entre Campus e Campus Avançado, além de um polo de inovação. São 121 cursos técnicos, 46 de graduação e 17 de pós-graduação. 

“Eu atribuo essa vitória ao engajamento da comunidade que viu o trabalho de uma mulher dedicada ao IFPB e que luta diariamente pela melhoria da educação. Quero dizer que farei de tudo pra nunca deixarmos de esperançar por uma educação transformadora e de qualidade”, concluiu a primeira mulher eleita reitora do IFPB, Mary Roberta Meira Marinho.

Conheça quem são os vencedores das eleições para direções gerais

Muitos campi tiveram eleição para DG pela primeira vez. Pleito foi marcado por candidaturas únicas e reeleições.

O processo de consulta eleitoral à comunidade do IFPB foi o mais abrangente já registrado. Além da eleição para Reitoria, 15 campi foram às urnas para eleger a nova direção geral. A campanha foi marcada por candidaturas únicas, em sua maioria, e reeleições de atuais diretores gerais. Vamos conferir os vencedores e o depoimento de alguns deles.

José Hermano Cavalcanti Filho

Em Picuí, o docente José Hermano Cavalcanti Filho, que já fazia parte da gestão como Diretor de Desenvolvimento de Ensino, foi eleito em candidatura única. “O mandato em Picuí demostrou que o caminho é a democracia. Tivemos efetiva participação de toda a comunidade. Demonstramos a força e a credibilidade de um processo democrático. Agradecemos a participação de todos e vamos juntos trabalhar por um IFPB cada vez melhor”, frisou.

O Campus Santa Luzia vivenciou a sua primeira eleição neste ano de 2022 e deu vitória ao atual diretor geral, Jerônimo Andrade da Nóbrega, único candidato. “Em Santa Luzia, tivemos um número muito bom de votantes. Estamos muito felizes aqui por este momento, nossa primeira eleição aqui no campus. Eleição com muita lisura transparência e compromisso. A gestão do campus passa por este momento democrático e dá um exemplo. A gente agradece o apoio de todos os pelo empenho”, frisou o professor Jerônimo. 

Em Guarabira, a direção geral continua com a professora Kyara Nóbrega, única candidata. “Meu sentimento é de gratidão é de reconhecimento do trabalho iniciado em 2019. Esta vitória representa que o nosso projeto foi frutífero e que a comunidade do campus Guarabira decidiu avançar ainda mais reconduzindo-me para o próximo quadriênio”, ressaltou Kyara.

No campus Cabedelo do IFPB, a vitória foi da diretora de Ensino, Turla Angela Alquete de Arreguy Baptista. “Agradeço por cada voto e pela confiança em nosso trabalho! Vamos juntas e juntos fazer o nosso campus e nosso IFPB cada vez melhores!”, comentou a professora da área de Design Gráfico.

Em Patos, o diretor geral José Ronaldo de Lima foi reconduzido ao cargo. “Nossa instituição deu uma demonstração de força, organização e democracia. Quero agradecer. O IFPB se engrandece e se fortalece como uma instituição democrática. O resultado desta eleição nos levará a esperançar por um IFPB cada vez melhor”, declarou o professor.

Em Esperança, foi reeleito o DG Valnyr Vasconcelos Lira. “Diversas propostas e sugestões foram enviadas, sendo várias delas incluídas no nosso Plano de Gestão, pois, como tenho feito desde o momento que fui nomeado como Diretor Geral pro-tempore do Campus Esperança, procurei escutar nossa comunidade para balizar o entendimento dos rumos que devemos tomar para melhorar sempre o nosso campus”, frisou o docente que já diretor em Cajazeiras, nos tempos de unidade do Cefet.

Em Monteiro, o diretor geral eleito foi o professor Abimael de Oliveira Silva que venceu o atual DG Abraão Romão Batista. Em Princesa Isabel, foram três candidaturas e a bibliotecária Jordânia de Lucena Cordeiro venceu a professora Adriana Oliveira Araújo e o docente João Abílio Diniz.

Em Catolé do Rocha, o único a disputar o pleito foi Francisco João de Deus de Carvalho, técnico-administrativo. "Este momento é histórico para o IFPB e também para o campus Catolé do Rocha porque é a primeira eleição, somos um campus novo com seis anos. A gente destaca a participação expressiva de 83% de discentes. A gente agradece a todos que nos apoiaram. Vamos arregaçar as mangas e trabalhar por um IFPB cada vez melhor”.

Em Santa Rita, o eleito é o diretor geral Sabiniano Araújo Rodrigues. Em Itaporanga, o diretor geral Ridelson Farias de Sousa também se elegeu em candidatura única. Em Campina Grande, a eleita foi a diretora de Desenvolvimento de Ensino Ana Cristina Alves Oliveira Dantas.

Em Cajazeiras, o docente Abinadade Silva Andrade venceu o professor Francisco Daladier Marques Junior. Em João Pessoa, os eleitores escolheram Ricardo José Ferreira na disputa com Italan Carneiro Bezerra. Em Sousa, Francisco Roserlandio Botao Nogueira (Chicão) venceu Joserlan Nonato Moreira.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.