Pelo menos 16 paraibanos deverão ser resgatados da Ucrânia para serem repatriados - Jornal Diário do Curimataú
Pelo menos 16 paraibanos deverão ser resgatados da Ucrânia para serem repatriados

Pelo menos 16 paraibanos deverão ser resgatados da Ucrânia para serem repatriados

COMPARTILHE

 


Correio -

Pelo menos 16 paraibanos entre mais de 400 brasileiros professores, jornalistas, jogadores de futebol, empresários, funcionários na área de tecnologia e profissionais liberais serão resgatados da Ucrânia para serem repatriados.

Na tarde desse sábado (26), em reunião com a embaixada da Ucrânia no Brasil, o Itamaraty confirmou que a Força Aérea Brasileira disponibilizou dois aviões para que possa repatriar os brasileiros.

“Segundo orientação do governador João Azevedo estamos em contato permanentemente com os setores consulares do Brasil na Ucrânia, e a embaixada da Ucrânia do Brasil”, disse o Secretario de Representações, Adauto Fernandes.

Essa tratativa deu por início na sexta-feira(26), entre a embaixada da Ucrânia do Brasil e o Itamaraty, afirmaram que a qualquer momento irão divulgar o plano estratégico para repatriar esses paraibanos e brasileiros que lá estão, boa parte já está na divisa com a Romênia.

“A quantidade correta dos paraibanos vamos saber antes da decolagem dos dois aviões da força aérea brasileira, alguns casos já estão na divisa da Ucrânia com a Romênia. As informações a respeito da quantidade de paraibanos estão sendo preservaras por segurança pois o objetivo é que todos os brasileiros sejam repatriados com tranquilidade”, esclareceu Adauto.

O Itamaraty lidera a operação em contato direto com autoridades da estação central de trens da capital Kiev, com autoridades locais em Chernivtsi (Ucrânia) e com as autoridades migratórias romenas.

A Embaixada do Brasil também enviou missão à fronteira. Já houve confirmação de que outros brasileiros, acompanhados de outros cidadãos latino-americanos, cruzaram o mesmo ponto da fronteira hoje pela manhã e estão a caminho da capital romana.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.