Decreto em Soledade proíbe shows públicos e privados, paredões e reduz público em igrejas - Jornal Diário do Curimataú
Decreto em Soledade proíbe shows públicos e privados, paredões e reduz público em igrejas

Decreto em Soledade proíbe shows públicos e privados, paredões e reduz público em igrejas

COMPARTILHE


Portal Paraíba -

O decreto da Prefeitura de Soledade, no Agreste da Paraíba, proíbe shows público e privados, paredões e aglomerações em açudes, rios, balneários. O decreto também estabelece limite de 60% de público em igrejas, bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência. O decreto foi assinado pelo prefeito Geraldo Moura Ramos, nessa terça-feira (1º), e tem validade até 14 de fevereiro.

Há regras de funcionamento para diversos estabelecimentos. Comércio e serviços poderão funcionar das 7h às 19h. Salões de beleza, barbearias e demais estabelecimentos de serviços pessoais poderão atender até 22h, com agendamento prévio. Academias podem receber 60% de público da capacidade do espaço. Construção civil atuará das 6h30 às 16h30.

Fica estabelecido o expediente interno nas repartições de serviço não essencial. As práticas esportivas estão liberadas e com público de até 50% da capacidade do local. Fica mantido o uso de máscaras e outros protocolos de prevenção à transmissão do coronavírus.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.