Ministro de Minas e Energia descarta horário de verão no país nos próximos anos - Jornal Diário do Curimataú
Ministro de Minas e Energia descarta horário de verão no país nos próximos anos

Ministro de Minas e Energia descarta horário de verão no país nos próximos anos

COMPARTILHE

 


Portal Paraíba -

Não haverá horário de verão no Brasil nos próximos anos. Essa garantia foi dada pelo ministro Bento Albuquerque, de Minas e Energia nesta quarta-feira (6). Ele disse também que está descartada a possibilidade de haver racionamento ou apagão. A afirmação foi concedida durante entrevista ao Sistema Verdes Mares.

Bento Albuquerque visita Fortaleza para participar do Proenergia 2021, evento anual realizado pelo Sindicato das Indústrias de Energia e de Serviços do Setor Elétrico do Ceará.

Racionamento de energia

O ministro de Minas e Energia disse também que o Governo Federal faz nos últimos anos um planejamento de energia para evitar racionamento ou um apagão, mesmo com a crise hídrica no país. Segundo Bento Albuquerque, há noves fontes de energia e que outras fontes como o hidrogênio serão utilizadas para evitar um racionamento hídrico.

Investimento no Ceará

O ministro de Minas e Energia ainda falou sobre os investimentos que serão feitos no Ceará. De acordo com Bento Albuquerque serão investidos R$ 12 bilhões no estado. Valores divididos para a geração e transmissão de energia.

“Serão investidos R$ 12 bilhões só em geração e transmissão de energia aqui no estado do Ceará nos próximos oito anos. Cerca de R$ 9,5 bilhões em geração de energia e R$ 2,5 bilhões em transmissão de energia”, destacou.

“O Nordeste e o Ceará como um todo já são exportadores de energia para outras regiões do país. O Nordeste tem gerado muita energia eólica, muita energia solar e essa energia tem sido transferida para outras regiões do país particularmente para o Sudeste onde os reservatórios que são as baterias do sistema hidrelétrico brasileiro estão muito baixos. O Nordeste nós chamamos é o cinturão das energias renováveis do nosso país junto com o norte de Minas Gerais”, afirmou.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.