UFCG debate acordo de cooperação técnica de apoio à agricultura na África - Jornal Diário do Curimataú
UFCG debate acordo de cooperação técnica de apoio à agricultura na África

UFCG debate acordo de cooperação técnica de apoio à agricultura na África

COMPARTILHE

 


Ascom -

Colaboração trilateral envolve a Organização das Nações Unidas e o Ministério das Relações Exteriores 


Um acordo de cooperação técnica trilateral para o desenvolvimento da agricultura na África, incluindo a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), o Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas (CoE/WFP/ONU) e a Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores (ABC/MRE), foi discutido em reunião online realizada no início deste mês.

O projeto Além do Algodão - Alternativas de escoamento dos subprodutos do algodão e culturas acessórias na África, objetiva apoiar pequenos produtores de algodão e instituições públicas de países africanos a vincular subprodutos de algodão e culturas consorciadas, como milho, sorgo e feijão, a mercados seguros, incluindo programas de alimentação escolar. A ideia é incrementar a produção, a renda local e a segurança alimentar e nutricional dos agricultores familiares.

 

O convite para a participação da UFCG no projeto veio da ABC, por considerar que a instituição pode contribuir com sua expertise nas diversas áreas de atuação desta iniciativa, levando assistência técnica para agricultores familiares da Tanzânia. “O trabalho desenvolvido por nossa instituição na região do semiárido, por agricultores familiares em sistemas de produção consorciada de alimentos, com a comercialização de produtos em mercados locais e regionais, incluindo aqueles voltados à alimentação escolar e à valorização dos produtos locais são os elementos estruturantes desta expertise”, explica a professora Vanille Pessoa, do curso de Nutrição do campus Cuité e coordenadora do Núcleo de Pesquisa, Extensão e Estudos em Nutrição e Saúde Coletiva (Núcleo PENSO).

Ela destaca os trabalhos desenvolvidos pelos docentes da Universidade. “A UFCG possui corpo técnico de docentes que trabalham em pesquisas e projetos de extensão com o objetivo de fomentar a participação do agricultor familiar nas cadeias produtivas locais, melhorando os índices de produção e baixando seus custos, como também promovendo a valorização dos produtos locais, dos saberes e tradições destes agricultores. Trata-se, portanto, de uma oportunidade de intercâmbio de conhecimentos, metodologias e experiência de fundamental para o bom planejamento, desenvolvimento e sucesso das atividades previstas”, ressalta.

Além da professora Vanille, a reunião do último dia 4 contou com a participação do reitor da UFCG, Antônio Fernandes, da professora e assessora de Assuntos Internacionais, Verônica Macário, e das professoras Lauriane Almeida e Alfredina Araújo; da coordenadora Geral da ABC, Cecília Malaguti, de Paola Barbieri e de Luiz Fernando Bacelar; além do diretor geral da WFP, Daniel Balaban, da coordenadora do Programa, Albaneide Peixinho, Joelcio Carvalho e Gregory Rosa.

 

 

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.