1º Júri semipresencial é realizado na Comarca de Picuí com todo protocolo de segurança para a Covid - Jornal Diário do Curimataú
1º Júri semipresencial é realizado na Comarca de Picuí com todo protocolo de segurança para a Covid

1º Júri semipresencial é realizado na Comarca de Picuí com todo protocolo de segurança para a Covid

COMPARTILHE


Gabriella Guedes/Gecom-TJPB -

Foi realizado nessa segunda-feira (24) o primeiro Júri Popular semipresencial da Comarca de Picuí, com um réu preso na Comarca de Assis, interior de São Paulo, pois o Estado da Paraíba informou que não tinha orçamento para recambiar o preso. De acordo com o juiz Anyfrancis Araújo da Silva, titular da unidade, tudo transcorreu bem com o apoio da Prefeitura local que disponibilizou o auditório para a realização do julgamento e todos os kits para a testagem dos participantes para a Covid-19.

O Ministério Público participou da audiência virtualmente, direto de João Pessoa. A advogada de defesa também estava presente. “Conseguimos concluir um processo importante, da Meta 2, mesmo com Picuí passando por uma onda crescente de casos de Covid”, afirmou o magistrado.

Reprodução 

O juiz Anyfrancis Araújo ressaltou que a compreensão da defesa foi essencial para a concretização do ato. “Diante da situação peculiar da pandemia e da falta de orçamento do Estado para o recambiamento do réu, a colaboração da defesa foi fundamental nesse processo para que o julgamento ocorresse”, disse.

O caso aconteceu em 2003, no Município de Nova Palmeira, termo da Comarca de Picuí. O réu foi acusado de homicídio duplamente qualificado por ter levado a óbito o seu irmão. Ele ´passou 15 anos foragido da Justiça e foi encontrado em Assis, São Paulo.

 


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.