Campus Cuité da UFCG recebe equipamentos de biossegurança para atividades presenciais - Jornal Diário do Curimataú
Campus Cuité da UFCG recebe equipamentos de biossegurança para atividades presenciais

Campus Cuité da UFCG recebe equipamentos de biossegurança para atividades presenciais

COMPARTILHE

 


Entrega foi realizada pelo vice-reitor Camilo Farias. Aulas na instituição começam dia 22 de fevereiro.

O Centro de Educação e Saúde (CES), Campus Cuité da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), recebeu alguns equipamentos de biossegurança, voltados para a proteção individual dos alunos e professores que participarão das atividades presenciais no campus, dentro do sistema de ensino híbrido, enquanto durar a pandemia da Covid-19. As aulas na UFCG terão início no próximo dia 22 de fevereiro, sendo que as teóricas continuarão de forma online.

Todo o material adquirido pela universidade foi entregue oficialmente, nessa quarta-feira (10), pelo vice-reitor e secretário de Planejamento e Orçamento da UFCG, Camilo Farias e pelo prefeito universitário da UFCG, Mário Araújo Neto, na presença do diretor do Campus Cuité, José Justino Filho, e do prefeito setorial do CES, Gustavo Correia.

São itens como estações para a higienização das mãos, máscaras, dispensadores de álcool em gel 70%, tapetes sanitizantes, termômetros para medição de temperatura, entre outros. A aquisição dos equipamentos também foi uma reivindicação do Comitê de Emergência do Combate à Covid-19 do CES.

Em entrevista à imprensa local, o vice-reitor Camilo Farias, explicou que o modo de ensino remoto continua na universidade e que as coordenações de curso são as que vão determinar se uma disciplina específica será presencial, semipresencial ou, totalmente, remota. Ele ressaltou, ainda, que as aulas práticas no campus obedecerão todos os protocolos de segurança, de acordo com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Desde o ano passado, a gente fez uma empreitada para aquisição de vários itens de proteção individual que possam ajudar em eventuais aulas, que tenham a necessidade de serem presenciais. Nesse sentido de preservação à vida de nossa comunidade universitária, essas possíveis atividades no campus só vão poder ocorrer se as comissões locais de biossegurança autorizarem, tendo em vista o atual e difícil cenário de pandemia”, destacou.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.