Arqueólogos encontram ‘Gatinho’ de 37 metros entre geoglifos no Peru - Jornal Diário do Curimataú
Arqueólogos encontram ‘Gatinho’ de 37 metros entre geoglifos no Peru

Arqueólogos encontram ‘Gatinho’ de 37 metros entre geoglifos no Peru

COMPARTILHE

 


Portal Paraíba -

Arqueólogos do Ministério da Cultura do Peru encontraram em Pampa de Nazca, local dos famosos geoglifos que fazem parte da lista de Patrimônio Mundial da Unesco desde 1994, encontraram um gato com cerca de 37 metros de comprimento em repouso em uma colina de areia.

A imagem do felino foi esculpida nas encostas de uma colina no meio do deserto da região de Nazca, antes de figuras famosas como o macaco, a aranha ou o pássaro, que tornam a região um dos locais de maior interesse arqueológico no Peru, e ficaram escondidas por quase dois mil anos, a poucos metros da principal rodovia que vai de norte a sul em todo o país.

Johnny Isla, arqueólogo responsável pelo sistema de gestão do Parque Arqueológico Nazca-Palpa, afirmou à Agência EFE que a descoberta aconteceu por acaso, quando autoridades decidiram melhorar o acesso ao principal mirante natural que permite aos visitantes contemplar parte das figuras gigantescas no local.

Apesar da erosão da área, revelada por meio de fotografias tiradas com drones, notou-se desde o início “uma figura zoomórfica, que parecia um felino”, que estava escondida da vista de todos durante centenas de anos.

O arqueólogo acredita que outras figuras podem ser encontradas, principalmente devido ao uso de drones nos últimos anos.

Clique aqui para ver a reportagem completa.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.