Convenções virtuais devem ser opção dos partidos na Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Convenções virtuais devem ser opção dos partidos na Paraíba

Convenções virtuais devem ser opção dos partidos na Paraíba

COMPARTILHE

 


Paraíba Debate -

A polêmica em torno da campanha eleitoral deste ano em forma presencial versus a pandemia causada pelo novo coronavírus vem à tona mais uma vez com a proximidade do período para a realização das convenções partidárias.

Em entrevista a secretária judiciária do Tribunal Regional Eleitoral na Paraíba (TRE-PB), Aline Vilar, destacou que apesar do modelo presencial não estar sendo proibido pela Justiça Eleitoral na realização das convenções, os partidos políticos devem observar a pandemia sanitária. Ela também comentou sobre quais partidos já marcaram suas datas.


Segundo ela, essa e outras advertências da Justiça Eleitoral estão na Resolução 23.623 que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou e divulgou há poucos dias e precisam ser seguidas à risca pelos pré-candidatos e pelas agremiações partidárias que estão entrando na disputa eleitoral. Pela resolução, além das regras sanitárias para a modalidade presencial das convenções partidárias liberadas desde a segunda-feira (31), e que deverão ocorrer até o próximo dia 16, os partidos podem definir suas candidaturas majoritária e proporcionais, mas, para tanto, precisam estar registrados no TRE até a data da convenção.


“Após os eventos, passado o prazo de um dia, precisam encaminhar a ata da convenção à Justiça Eleitoral pela internet, por meio do sistema Candex, que está disponível no site do TRE paraibano”, disse.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.