Dupla é presa suspeita de torturar pessoas que descumpriram isolamento em Nova Floresta - Jornal Diário do Curimataú
Dupla é presa suspeita de torturar pessoas que descumpriram isolamento em Nova Floresta

Dupla é presa suspeita de torturar pessoas que descumpriram isolamento em Nova Floresta

COMPARTILHE
G1 -

Dupla é presa suspeita de torturar pessoas que descumprem isolamento na Paraíba -
Foto: Polícia Civil/Divulgação
Um dos suspeitos agredia as vítimas, enquanto o outro planejava e filmava as ações. Sessões eram praticadas contra pessoas que também descumpriam outras regras de uma suposta organização criminosa, formada pela dupla, diz polícia.

Dois homens foram presos no sábado (30), suspeitos de realizarem sessões de tortura contra pessoas que descumpriram medidas de isolamento social para prevenção à propagação da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no município de Nova Floresta, no Curimataú da Paraíba. Segundo informações da Polícia Civil, parte das vítimas teriam participado de festas durante a pandemia.

A tortura também era cometida contra pessoas que descumpriram outras regras de uma suposta organização criminosa, formada pela dupla. Entre elas, a realização de furtos e denúncias sobre o grupo.

A polícia soube das sessões por meio de vídeos que foram compartilhados em redes sociais na internet. Elas aconteciam na casa de um dos detidos, que planejava e filmava as agressões físicas e psicológicas. O outro suspeito era responsável pelos espancamentos.

Ainda segundo a polícia, a organização criminosa atua no tráfico de drogas e na prática de homicídios no município. Ela seria liderada por um detento do presídio do Serrotão, em Campina Grande.

As prisões aconteceram com o apoio da Polícia Civil de Cuité. Os suspeitos foram levados para a delegacia de e autuados pelos crimes de formação de organização criminosa e tortura.




Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.