Generais são contra militar assumindo Saúde: ‘é levar para o colo das Forças Armadas o problema da Covid-19’ - Jornal Diário do Curimataú
Generais são contra militar assumindo Saúde: ‘é levar para o colo das Forças Armadas o problema da Covid-19’

Generais são contra militar assumindo Saúde: ‘é levar para o colo das Forças Armadas o problema da Covid-19’

COMPARTILHE
Wscom -

Os ministros que compõem a chamada “Ala Militar” são contra a indicação de nomes, como o do general Eduardo Pazuello, para comando do Ministério da Saúde, indo de encontro ao pensamento do presidente da República Jair Bolsonaro.

Segundo o colunista Lauro Jardim, de O Globo, as especulações em torno do sucessor de Nelson Teich, que deixou o governo nesta sexta-feira (15), cogitam nomes como o do general Eduardo Pazuello, atual ministro interino, e o contra-almirante Luiz Froes, diretor de Saúde da Marinha.

“Os ministros já disseram a Bolsonaro que botar um militar para ser o número 1 da Saúde é “levar para o colo das Forças Armadas o problema da Covid”, de acordo com o relato de um desses generais”, destacou o jornalista.

Entre os civis, o nome cotado é do deputado Osmar Terra, ex-ministro da Cidadania de Bolsonaro. Ele também não conta com o apoio dos militares.





Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.