Em Picuí, Gestão Municipal espera autorização do Ministério da Saúde para abertura da UPA do Limeira - Jornal Diário do Curimataú
Em Picuí, Gestão Municipal espera autorização do Ministério da Saúde para abertura da UPA do Limeira

Em Picuí, Gestão Municipal espera autorização do Ministério da Saúde para abertura da UPA do Limeira

COMPARTILHE
ClickPicuí -

Nesta segunda-feira (20), o prefeito de Picuí, Seridó paraibano, Olivânio Remígio, participou do Jornal da Sisal FM, para levar ao conhecimento da população picuiense que o Ministério da Saúde ainda não autorizou funcionamento da estrutura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Limeira, em virtude dos muitos problemas e irregularidades constatadas pelo Ministério tão logo assumiu a Gestão, que vão desde estrutura a pagamento por medições da obra antecipado sem a devida conclusão.

Segundo Olivânio, apesar de todos esses entraves, a Gestão vem realizando mutirão de limpeza, instalação elétrica e organização dos equipamentos adquiridos visando à abertura da Casa de Saúde em tela e tão logo receba o sinal verde do Governo Federal estará entregando a população a Unidade.

“Nosso governo tomou essa iniciativa em virtude de garantir leitos em possíveis ocorrências de coronavírus no município de Picuí”. Disse.

De acordo com o prefeito, nos últimos dias, vereadores da oposição, se aproveitando da informação prestada pela Gestão no programa semanal de rádio, apresentaram Requerimento e sugestão cobrando a abertura imediata daquela Casa de Saúde. “O que eles deveriam fazer era explicar ao povo porque entregaram a nossa Gestão uma obra inacabada com 100% paga. Os vereadores em tela deveriam era reforçar o nosso pleito junto ao Ministério da Saúde e cobrar autorização para abertura e não fazer politicagem com uma irregularidade cometida por seu próprio grupo. ” Afirmou Olivânio.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.