Será que existe onça no Seridó Paraibano? - Jornal Diário do Curimataú
Será que existe onça no Seridó Paraibano?

Será que existe onça no Seridó Paraibano?

COMPARTILHE
Redação -



Onça Pintada encontrada na Amazônia, na Mata Atlântica, no Pantanal e no Cerrado.
 / Imagem de internet
De acordo com membros do grupo ‘Trilheiros e Campistas do Seridó e Curimataú’ algumas informações falsas tem sido divulgas na internet em relação a animais atacados, afirmando que os ataques seriam de onças, ou algum tipo de lobo. Na verdade, esses animais não existem em nossa região, como também seu modo de caça é bem diferente, se alimentando da carcaça e escondendo os restos, para depois se alimentar. Diferente do que está sendo informado nas notícias, onde os animais são mortos e deixados no local com algumas perfurações no corpo. 

Ainda de acordo com os trilheiros, a divulgação irresponsável desses fake news assombram a população e estimula a caça predatória de animais da caatinga; gato do mato, raposa, veado da caatinga dentre outros, muitos que estão ameaçados de extinção, e acaba contribuindo para o desequilíbrio do bioma. Esse tipo de animal de grande porte (onças, lobos), citados não existem em nossa região, onde o maior felino é o Jaguarundi, conhecido como gato mourisco, gato vermelho, gato azul.
Estes ataques a animais domésticos provavelmente provem de cães, pois existem registros de cães que matam bodes e abandonam a caça, sendo semelhantes aos relatos das notícias falsas.
“Deixamos aqui o nosso apelo as demais pessoas e principalmente, blogueiros irresponsáveis, que parem com estas divulgações sensacionalistas que só trazem falsas informações para a população, e vamos preservar o pouco que resta de nossa Fauna, o desequilíbrio ambiental que está sendo causado em nossa região é de forma gigantesca, um dia vamos sentir na pele este mal que estamos causando a natureza", ressaltou o Grupo de Trilheiros e Campistas do Seridó e Curimataú da Paraíba. 

Jaguarundi vermelho na Caatinga alagoana / Imagem: Bichos da Caatinga

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.