Parceria com UFCG busca melhorias para o Horto Florestal - Olho d’Água da Bica em Cuité - Jornal Diário do Curimataú
Parceria com UFCG busca melhorias para o Horto Florestal - Olho d’Água da Bica em Cuité

Parceria com UFCG busca melhorias para o Horto Florestal - Olho d’Água da Bica em Cuité

COMPARTILHE
Ascom -

Área receberá o Espetáculo da Paixão de Cristo 2020, no mês de abril. 

Representantes do Centro de Educação e Saúde (CES), Campus de Cuité da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e da Companhia Cuiteense de Teatro tiveram um encontro, na última quarta-feira (5), com o objetivo de promover algumas ações, em parceria com a Prefeitura Municipal de Cuité, para melhoria do Horto Florestal - Olho d’Água da Bica do CES.

Conforme explicou o prefeito universitário setorial do CES, Gustavo Correia, a intenção do encontro foi adotar medidas de adaptações e organização para melhorias estruturais e logísticas, a exemplo de contenção de erosões causadas pelas fortes chuvas, construção de novos acessos e plantação de novas mudas nativas nesta área florestal, especialmente nas cercanias do Teatro do Olho d’Água da Bica, onde será realizado o Espetáculo da Paixão de Cristo 2020, nos dias 09,10 e 11 abril.

“É importante tomarmos medidas que garantam uma melhor utilização deste espaço ao longo de todo ano, proporcionando à comunidade universitária e turistas uma área mais organizada durante o evento, mas principalmente com grande apelo cultural, histórico, ambiental e acadêmico”, destacou.

A parceria com a Prefeitura de Cuité contribuirá para que os serviços de revitalização e melhoria sejam concretizados no Horto. Através da Secretaria de Infraestrutura, por exemplo, serão enviadas máquinas para auxiliar na limpeza e criação de novos acessos, no intuito de facilitar o trabalho dos atores e figurantes, além de ofertar melhor acomodação dos expectadores.

Para o diretor do Espetáculo, Ismael Moura, as ações melhorarão, não só a localidade para os turistas, como também vão embelezar ainda mais o Horto Florestal e o evento, sendo motivo de orgulho para os cuiteenses e visitantes, levando em consideração a proteção ambiental e a segurança das pessoas no local.

“O projeto Paixão de Cristo está crescendo a cada ano, já está quase em nível nacional. Por isso, não tem como ser feito sem parcerias. Então, devemos fazer o máximo para que o povo de Cuité sinta mais orgulho desse evento, o qual eleva o nome da cidade e o nome da UFCG para outros estados”, além de despertar a consciência de manter o espaço preservado, declarou.

Já o professor Márcio Frazão (CES/UFCG), responsável pelo Horto Florestal, destaca que esta parceria, além de ajudar a promover o espetáculo, sempre tem como principal meta a de buscar uma forma de utilização mais sustentável da área.  

“Evidente que a gente não pode permitir todo o uso cultural e o social que almejamos numa área de um horto ecológico. Entretanto, sempre que tem um evento, o qual representa grande valor cultural e histórico para a região, como é a Paixão de Cristo de Cuité, buscamos sempre nos preparar para que o espaço seja aproveitado de forma mais consciente possível, sem prejudicar o meio ambiente”, afirmou.




Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.