Jovem morre após ser atingido por raio enquanto trabalhava em fazenda, na Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Jovem morre após ser atingido por raio enquanto trabalhava em fazenda, na Paraíba

Jovem morre após ser atingido por raio enquanto trabalhava em fazenda, na Paraíba

COMPARTILHE

Wscom -

Um jovem, de 19 anos, morreu após ser atingido por um raio na Zona Rural de Massaranduba, Agreste paraibano. Segundo informações da Polícia Civil, a vítima trabalhava em uma fazenda quando foi atingida.


O acidente aconteceu por volta das 16h desta terça-feira (21). A polícia não soube dizer se o jovem chegou a receber atendimento médico e informou que, quando chegou ao local, por volta das 19h30, ele já estava morto.

Uma perícia foi feita no corpo da vítima e no local onde o acidente aconteceu. O corpo do jovem foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal de Campina Grande.

Orientações em caso de chuva e raios
O Inmet pede que moradores de áreas afetadas não se abriguem debaixo de árvores durante as chuvas e não estacionem veículos em locais próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também é recomendado que se evite usar aparelhos ligados à tomada.

Em caso de emergências, a população deve acionar a Defesa Civil (telefone 199) e o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Proteção contra raio
Segundo o Elat, o Brasil é o país com maior incidência de raios no planeta. A cada 50 mortes por raios no mundo, uma acontece aqui. São cerca de 110 mortes e mais de 200 feridos por ano em terras brasileiras. Um estudo mostra que 80% das circunstâncias em que acontecem mortes poderiam ter sido evitadas se as pessoas soubessem como se proteger. Uma cartilha com recomendações é disponibilizada pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica. Para adquirir, basta enviar e-mail para elat@inpe.br solicitando o arquivo.





Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter, Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.