Rompimento com João é o 7º na trajetória política de Ricardo Coutinho; relembre - Jornal Diário do Curimataú
Rompimento com João é o 7º na trajetória política de Ricardo Coutinho; relembre

Rompimento com João é o 7º na trajetória política de Ricardo Coutinho; relembre

COMPARTILHE
Portal Paraíba -

O anúncio do rompimento do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) com o atual governador João Azevêdo (sem partido) movimentou a cena política do estado nos últimos dias. Além disso, ‘obrigou’ lideranças a se posicionarem sobre de qual lado estão em meio ao racha.
Com a decisão, Ricardo Coutinho coleciona mais uma briga com um então aliado. Na lista de rompimentos em que o ex-governador figura como protagonista aparece episódios como o que culminou com a saída dele do Partido dos Trabalhadores, em 2003.
Já no PSB, legenda em que venceu as eleições de 2004, rompeu com a ex-deputada Nadja Palitot, à época vereadora que foi levada a deixar a sigla.
Ricardo também rompeu com o ex-governador José Maranhão, em 2010, e o enfrentou nas eleições para o governo do Estado naquele ano.
Um dos episódios mais emblemáticos foi o racha com o então prefeito Luciano Agra (in memoriam) e seu grupo político, formado por figuras tidas como do ‘primeiro time’, a exemplo de Nonato Bandeira, Alexandre Urquiza e Roseana Meira, em 2012.
Ricardo rompeu com Agra e apoiou Estelizabel Bezerra na disputa travada na convenção para definir o candidato do partido à prefeitura. O racha fez Agra apoiar a candidatura de Luciano Cartaxo, que venceu o pleito.
Em 2014, a aliança celebrada com o ex-senador Cássio Cunha Lima também chegou ao fim. Naquele ano, o socialista subiu aos palanques com Cartaxo após uma intensa troca de farpas. Menos de dois anos depois o ‘casamento’ entre os dois se transformou em divórcio.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.