“Pega de boi no mato” pode se tornar patrimônio cultural imaterial do estado da Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
“Pega de boi no mato” pode se tornar patrimônio cultural imaterial do estado da Paraíba

“Pega de boi no mato” pode se tornar patrimônio cultural imaterial do estado da Paraíba

COMPARTILHE
Paraíba Rádio Blog -

Preocupado com o resgate e manutenção da cultura popular, o deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) apresentou na Assembleia Legislativa da Paraíba Projeto de Lei 1353/2019, que declara a “pega de boi no mato” como patrimônio cultural imaterial do estado da Paraíba.
Segundo explica o deputado, esse esporte, que teve origem no Nordeste na época dos grandes coronéis, é atualmente uma atividade cultural que faz parte da tradição. “Uma cultura que ainda resiste principalmente em alguns municípios do interior da Paraíba”, disse. “Nessa prática, diferente da vaquejada, o boi é solto na vegetação da caatinga e os vaqueiros, comumente vestidos com trajes em couro, percorrem o mato montados em seus cavalos, em busca de capturar o animal”, explicou.
Ainda segundo Wallber Virgolino, “a tradição da pega de boi no mato reforça a identidade territorial, refletindo seu cotidiano e seu espaço vivido, além de turistas para a região da caatinga”.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.