2ª feira de serviços e atendimento às mulheres acontece em Picuí - Jornal Diário do Curimataú
2ª feira de serviços e atendimento às mulheres acontece em Picuí

2ª feira de serviços e atendimento às mulheres acontece em Picuí

COMPARTILHE
Assessoria -

Nesta quarta, 04 de dezembro, dando prosseguimento à agenda da Campanha Municipal 16+5 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher, aconteceu a “2ª Feira de Serviços e Atendimento às Mulheres – DIA M DE MULHER”, na Praça João Pessoa, com tendas da Secretaria de Assistência Social, da Secretaria de Saúde e do CMM “Adriana de Oliveira Dantas”. Além da comercialização de produtos do Centro Municipal da Mulher, aconteceu a prestação de serviços para o público feminino presente ao evento, através de cortes de cabelo, penteados e esmaltação. 

Nesta edição, a feira de serviços e eventos inovou com a “Tenda de Degustação”, sob o comando das mulheres da Feira Agroecológica de Picuí, que distribuíram lanches usando como base a produção que é comercializada todas as sextas-feiras no centro da cidade. Houve farta distribuição de suco de frutas, pamonha, queijo, isca de goma, bolo, cocada, doce de leite, entre outras guloseimas. Na parte cultural, a cantora Ana Virgínia trouxe um repertório voltado para o forró pé-de-serra.




Presente à solenidade, o prefeito Olivânio Remígio observou que, apesar do combate diário à violência contra a mulher, a batalha ainda será longa, mas que o Governo da Participação não mede esforços para que as mulheres picuienses sejam fortalecidas e empoderadas – inclusive financeiramente, através dos inúmeros programas e cursos que são oferecidos pela gestão.




Idealizada e supervisionada pela Secretaria de Assistência Social, por meio da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, a Campanha Municipal 16+5 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher, que teve início no dia 18 de novembro e terá a sua culminância no próximo domingo, 8 de dezembro, conta com uma programação voltada para a democratização e popularização da campanha, com vistas à construção de uma sociedade inclusiva, que lute contra toda forma de preconceito e, principalmente, contra a violência de gênero.





Ativismo

Idealizada por um grupo de mulheres de diferentes países, a campanha é realizada mundialmente com início no dia 25 de novembro. No Brasil, o Dia Nacional da Consciência Negra foi integrado ao calendário de atividades com as seguintes datas:

20/11 - Dia Nacional da Consciência Negra;
25/11 - Dia Internacional da Não Violência Contra as Mulheres;
29/11 - Dia Internacional dos Defensores dos Direitos da Mulher;
01/12 - Dia Mundial de Combate à Aids; 06/12 - Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência Contra as Mulheres;
10/12 - Dia Internacional dos Direitos Humanos.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.