Flamengo é Hepta-Campeão brasileiro e conquista 2º título em menos de 24 h - Jornal Diário do Curimataú
Flamengo é Hepta-Campeão brasileiro e conquista 2º título em menos de 24 h

Flamengo é Hepta-Campeão brasileiro e conquista 2º título em menos de 24 h

COMPARTILHE
Página 1 -

Mesmo sem entrar em campo neste domingo, o Flamengo sagrou-se campeão do Brasileirão 2019, conquistando o seu segundo título em menos de 24h. No sábado o time conquistou o segundo titulo da Libertadores da América ao bater o River Plate por 2 x 1.
Com o título o Flamengo chega ao Hepta campeonato do Brasileiro. 
Palmeiras x Gremio
O Flamengo se consagrou campeão do Campeonato Brasileiro 2019, mesmo sem entrar em campo, o Fla não pode mais ser ultrapassado após o Palmeiras perder por 2 a 1 com o Grêmio neste domingo (24). Os dois primeiros gols saíram em cobranças de pênaltis: Everton Cebolinha abriu pelos gaúchos e Bruno Henrique igualou. Nos acréscimos da etapa final, Pepê definiu o triunfo gremista.
Os 22.767 pagantes estiveram no Allianz Parque, em São Paulo, para acompanhar o duelo válido pela 34ª rodada do Brasileirão.
Além de ver o rival ser coroado, o Palmeiras voltou a perder dentro de casa, algo que não acontecia desde o dia 26/05/2018. Naquela ocasião, o Sport venceu por 3 a 2.
Ou seja, o Flamengo conquistou o título da Libertadores e do Brasileirão no mesmo final de semana. Com isso, a festa no Rio de Janeiro ganha ainda mais entusiasmo
    
FESTA
A festa de comemoração do título da Libertadores, que começou na manhã deste domingo (24) com a presença de milhares de torcedores flamenguistas na avenida Presidente Vargas, no centro do Rio, terminou em confusão.
O ônibus em que a equipe rubro-negra desfilava desde o início da tarde, diferentemente do que a torcida esperava, virou em uma rua menor em vez de seguir até o monumento Zumbi dos Palmares.
Nesse momento, a polícia começou a jogar bombas de gás lacrimogêneo para dispersar o público, e foi iniciada uma correria. O público revidou com chinelos, pedras e latinhas. Mesmo com a maioria dos torcedores se dispersando, a confusão e as bombas continuaram.
Muitos torcedores foram para o local direto das comemorações após o jogo de sábado (23), como os amigos André Luiz de Oliveira Santos, 24, e Thiago Santos, 26, de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Começaram a beber no sábado às 14h e carregavam latinhas de cerveja na manhã deste domingo.
A previsão inicial era de que o time campeão aterrissasse no Rio por volta de 9h30, mas o avião saiu de Lima com atraso e chegou por volta das 11h. A aeronave foi escoltada pela FAB, como boas-vindas. Na pista do Galeão, recebeu um banho em comemoração à vitória. Gabigol, herói do título, apareceu na janela da aeronave com uma bandeira do clube.
Enquanto esperavam os atletas no centro, os torcedores entoavam cânticos e soltavam fogos de artifício.
“A gente quer ver o Gabigol, papai”, disse André. “É inexplicável, não tem como explicar o que aconteceu ontem”, afirmou ele, que hoje garante ser “Grêmio desde criancinha” -um empate do time gaúcho contra o Palmeiras garante ao Flamengo o título antecipado de campeão brasileiro.
“Deixei meu marido tricolor em casa com a filha e vim pra cá”, conta Pabola Oliveira, 35, para depois mostrar a tatuagem com o escudo do Flamengo na panturrilha esquerda. “Quero ver o Bruno Henrique, sonhei com ele antes do jogo”, diz
Vestido com camisa do Flamengo, o escocês Darril Ferguson, 30, acompanha a festa da torcida em frente ao hotel em que está hospedado no Rio. Ele é torcedor do Celtic (ESC), mas diz que adotou o Flamengo como time brasileiro.
“Ontem estava doente, de cama, e não consegui ver o jogo. Mas hoje [faz gesto de levar um copo à boca]…”, diz. Ferguson trabalha em embarcação de apoio à indústria do petróleo e está em semana de folga no Rio. Na quarta-feira (27), pretende ir ao Maracanã assistir ao jogo entre Flamengo e Ceará.
Houve quem também aproveitasse para lucrar com a multidão rubro-negra concentrada no centro da capital
Foi o caso do torcedor Leandro Lopes, 41, que faturou com uma réplica da taça da Copa Libertadores da América, que encomendou por R$ 1.250 a um fabricante em Santa Catarina. Ele cobrava R$ 1 para que outros flamenguistas tirassem foto segurando o troféu.
Leandro chegou ao centro do Rio por volta das 10h e até meio-dia contabilizou cerca de R$ 200. “É o dinheiro da cervejinha”, disse ele.
No sábado (23), jogadores e o técnico Jorge Jesus foram aclamados pelos mais de 20 mil torcedores que estiveram no estádio Monumental de Lima, no Peru, onde a equipe venceu de virada o River Plate (ARG) por 2 a 1 na final do torneio.
Foto: Reprodução/Rádio Tupi
Foto: Reprodução/Rádio Tupi
FURTOS
Pela manhã, antes da chegada do time à região central do Rio, policiais detiveram um grupo que furtava celulares de torcedores que aguardavam a festa.
Mais tarde, a reportagem da Folha viu torcedores interceptando um casal com uma bolsa com celulares. Ele foi flagrado enquanto tentava furtar mais um aparelho. Chegou a ser agredido, mas conseguiu fugir. A bolsa foi aberta, e os telefones entregues aos donos que estavam por perto.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.