SES e Unicef realizam evento sobre a saúde da criança e do adolescente nesta segunda - Jornal Diário do Curimataú
SES e Unicef realizam evento sobre a saúde da criança e do adolescente nesta segunda

SES e Unicef realizam evento sobre a saúde da criança e do adolescente nesta segunda

COMPARTILHE
Secom -

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizará uma capacitação técnica junto com o Unicef para viabilizar políticas de saúde para crianças e adolescentes. Em João Pessoa, a programação acontecerá no Auditório da Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad), nesta segunda-feira (21), das 8h às 16h.

A iniciativa tem como objetivo trabalhar temas ligados à vacinação, desnutrição e obesidade, direitos sexuais e reprodutivos dos jovens, com os representantes das secretarias municipais de saúde, educação e desenvolvimento humano. A capacitação contará com representantes da área técnica da SES e seguirá até o dia 25 de outubro nas cidades de Campina Grande, Pombal e Patos.

A Paraíba é um dos 18 estados com municípios participantes do Selo Unicef, iniciativa que contempla cidades distribuídas na Amazônia e no Semiárido. De acordo com a instituição, nas duas últimas décadas, o Brasil se destacou por reduzir significativamente a mortalidade infantil (até 1 ano) e na infância (até 5 anos). No entanto, em 2016, pela primeira vez em 26 anos, essas taxas cresceram.  E, desde 2015, as coberturas vacinais – que vinham se mantendo em patamares de excelência – entraram em uma tendência de queda.

De acordo com a coordenadora de alimentação e nutrição da SES, Kamilla Capistrano, esta parceria com o Unicef vem para fortalecer o trabalho da Secretaria de Estado da Saúde com os municípios do agreste, sertão e brejo, os quais participam da iniciativa. “O Selo nos ajuda estimular os municípios para que coloquem em prática os programas já existentes. É importante que estejamos presentes neste momento, tanto para sanar as dúvidas dos municípios quanto para apoiá-los nas execuções das demandas propostas”, explica.

A capacitação abrange as Secretarias de Desenvolvimento Humano, Saúde e Educação, com a intenção de integrar e intensificar as políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes. Dentre uma das linhas de ação está o combate à desnutrição, por meio de programas governamentais. “Na maioria destas políticas a Paraíba está acima da média nacional, porém existem alguns programas onde há uma dificuldade em difundir e esta é uma grande oportunidade para isso”, salienta a coordenadora ao se referir ao Estratégia ‘Alimenta e Amamenta Brasil’, que é voltada para a atenção básica, a fim de fortalecer o aleitamento materno e o início à alimentação saudável. “Mais de 100 municípios já aderiram e esta é uma oportunidade de colocar em prática para os demais”, finaliza.

Esta é 5ª edição da formação promovida pelo Unicef, em parceria com o Governo do Estado e a primeira com a SES. Nas edições anteriores, foram agregadas outras secretarias para trabalhar diversas frentes de trabalho com a infância e a juventude.  A Edição 2017-2020 do Selo Unicef conta com a participação de 1.924 municípios que assumiram, junto ao Unicef, o compromisso de implementar políticas públicas para redução das desigualdades previstas na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)

Confira dados da Paraíba e do Brasil:

>A taxa de crianças de 1 ano com cobertura adequada para a tríplice viral D1, em 2018, foi de 91% no Brasil. Na Paraíba esse índice foi de 96%.

>84% dos óbitos infantis ocorridos no Brasil, em 2017, foram investigados. Na Paraíba, a investigação foi realizada em 94% dos casos.

>Em 2018 7,5% das crianças brasileiras com menos de 5 anos foram notificadas com o peso elevado. Na Paraíba, cerca de 10% da população de crianças nesta faixa está acima do peso.

>4,1% das crianças menores de 5 anos tinham registro de peso baixo para a idade, em 2018, no Brasil. Na Paraíba, o índice foi de 3,2%.

>Dos 2,8 milhões de nascidos vivos em todo Brasil, em 2017, 450 mil bebês nasceram de mães com idades entre 15 e 19 anos e quase 22 mil de meninas com 10 a 14 anos. Na Paraíba, os dois índices somaram um total de 10 mil bebês.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.