Projeto Cidadão em Ação capacita mais de 150 pessoas em Cuité e Juazeirinho - Jornal Diário do Curimataú
Projeto Cidadão em Ação capacita mais de 150 pessoas em Cuité e Juazeirinho

Projeto Cidadão em Ação capacita mais de 150 pessoas em Cuité e Juazeirinho

COMPARTILHE
Assessoria -

Fase piloto já capacitou mais de 300 cidadãos em quatro municípios da Paraíba

Mais de 150 pessoas foram capacitadas pelo Projeto Cidadão em Ação esta semana nas cidades de Cuité e Juazeirinho (PB). Ao todo, já foram capacitados, na Paraíba, mais de 300 cidadãos na fase piloto do projeto. Haverá mais duas oficinas em Campina Grande, uma para soldados e oficiais do Exército, na próxima segunda-feira (28), e a última para conselheiros municipais, de 4 a 8 de novembro.

Aproximação – O cidadão de Juazeirinho Marcos Patrício Farias relatou que foi a primeira vez que viu um procurador da República de perto. “O procurador está deixando aqui um instrumento muito bom, que vai servir para a fiscalização da coisa pública. Essa diminuição da distância entre sociedade e Ministério Público é importante”, opinou Patrício.

Professora Josenilda também se fez presente na capacitação em Juazeirinho, com alunos da escola em que é gestora. Ela destacou que sempre houve um distanciamento de membros do sistema de Justiça com a sociedade, e que o projeto chega para aproximar cada vez mais o cidadão comum do Ministério Público. “É um projeto valioso. Agradeço por nos convidar”, sublinhou.

A cartilha – Dona Maria José participou da capacitação em Cuité e ressaltou que a cartilha distribuída traz bons esclarecimentos acerca de ferramentas de controle à disposição da sociedade, como o aplicativo MPF Serviços.

Avaliação – O procurador Bruno Galvão Paiva avalia como positiva esta primeira etapa do Cidadão em Ação. Para ele, capacitar pessoas sobre como exercer o controle social e conversar acerca de assuntos relevantes de interesse da sociedade é muito gratificante. O membro do MPF em Campina Grande ressalta que a aproximação do órgão com os cidadãos deve ser algo constante. “Após as capacitações realizadas até aqui, renovo minhas esperanças de que as coisas podem ter um desfecho positivo no Brasil. Tem sido bastante recompensador e renovador”, pontuou Bruno Galvão.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.