Vídeo mostra desespero de policial que atirou acidentalmente e matou colega na Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Vídeo mostra desespero de policial que atirou acidentalmente e matou colega na Paraíba

Vídeo mostra desespero de policial que atirou acidentalmente e matou colega na Paraíba

COMPARTILHE
G1 -


Um vídeo feito por moradores do bairro Monte Santo, em Campina Grande, registrou o momento em que um policial militar pediu por socorro após atirar acidentalmente em um colega PM. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (9)e, conforme o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Damasceno, o policial foi baleado na cabeça durante uma ocorrência simples da PM no bairro.
“A PM foi acionada por moradores do bairro Monte Santo para conter um grupo que estaria em uma bebedeira, causando desordem na região. Ao chegar no local, um dos suspeitos reagiu quando um dos policiais tentava colocar as algemas nele e, durante essa ação, a arma disparou acidentalmente e atingiu a cabeça do outro policial”, relatou o comandante do 2º BPM.
O vídeo registrado por moradores teria sido gravado após o cabo da Polícia Militar Emerson Thiago Soares de Lima, de 34 anos, ser atingido com um tiro na cabeça, que teria sido disparado acidentalmente por uma arma que estava com o outro PM durante a ação.
As imagens mostram o PM baleado na cabeça já caído no chão, enquanto o policial que teria disparado acidentalmente continua em cima de um dos suspeitos de estarem causando desordem no bairro. O PM grita por socorro, enquanto os outros policiais que estavam na ocorrência aparecem ao lado, um deles ao telefone.
Caso é tratado como homicídio culposo
De acordo com a delegada do caso, a princípio o caso está sendo tratado pela Polícia Civil como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
“Conforme os primeiros relatos de testemunhas e vídeos analisados pela polícia, o caso está sendo tratado como homicídio culposo. Os depoimentos colhidos e todo o material analisado já foram encaminhados para perícia”, explicou Nercília Dantas.
Ainda segundo a delegada, a arma que teria disparado acidentalmente e acertado a cabeça do policial seria uma submetralhadora. “A polícia confirma que a arma que disparou foi um submetralhadora. O objeto foi apreendido e também será encaminhado para perícia”, frisou.
Homem preso para depoimento
Conforme a Polícia Militar, um dos homens presos suspeitos de desordem no bairro Monte Santo, que nas imagens seria o que aparece contido pelos policiais militares, foi levado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande.
“Outro suspeito de desordem no bairro conseguiu fugir do local. Mas o que foi contido foi levado pra Central de Polícia Civil para prestar esclarecimentos do caso”, disse o tenente-coronel Damasceno.
Ainda de acordo com o comandante do 2º BPM, o depoimento do homem preso será necessário para esclarecer como tudo teria acontecido durante a ação dos policiais, que acabou com a morte de um dos PM’s.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.