Entenda as regras de transição da Reforma da Previdência - Jornal Diário do Curimataú
Entenda as regras de transição da Reforma da Previdência

Entenda as regras de transição da Reforma da Previdência

COMPARTILHE
Correio -

O Senado está com a última versão da PEC 06/19, da Reforma da Previdência, para votação. Se aprovada, ela alterará as idades para aposentadoria, extinguindo a regra atual, além de instituir idades mínimas para professores e aumentar o tempo para policiais, modificando o cálculo dos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e criando regras de transição.
Segundo o professor doutor José Cavalcanti, do curso de Direito do Unipê, a PEC modifica as alíquotas para a contribuição ao INSS e para o Plano de Seguridade Social (PSS) dos servidores públicos e “torna boa parte da legislação previdenciária do Brasil desconstitucionalizada, precisando apenas de mera lei complementar para alterar profundamente direitos sociais garantidos.”

Entenda as regras

– Tempo mais pedágio de 100% (35 anos de contribuição para homens e 30 anos para mulheres) – se faltar três anos para adquirir o benefício, deverá trabalhar esse mesmo tempo a mais, ou seja, seis anos;
– Regras de 96 e 86: o segurado soma sua idade e seu tempo de contribuição – se chegar a 96 (homem) e 86 (mulher) poderá se aposentar.
– Idade e tempo: mulheres com 56 anos de idade e 30 anos de contribuição, enquanto homens deverão ter 35 anos de contribuição e 61 anos de idade.
– Idade: 65 anos para os homens e 60 anos para mulheres em 2019, chegando a 62 anos em 2029.
– Idade Mínima e Tempo de Contribuição: homens (60 anos de idade e mais 35 de contribuição e 100% de pedágio) e mulheres (57 anos e mais 30 anos de contribuição e 100% de pedágio).
Ainda segundo o professor, para os servidores públicos também valem as regras de transição pelo sistema de pontos e de idade mínima e pedágio.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.