Deputados do PT e do partido de Bolsonaro se unem para cobrar ministro normalização da Transposição na PB - Jornal Diário do Curimataú
Deputados do PT e do partido de Bolsonaro se unem para cobrar ministro normalização da Transposição na PB

Deputados do PT e do partido de Bolsonaro se unem para cobrar ministro normalização da Transposição na PB

COMPARTILHE
ClickPB -
Adversários políticos, os deputados federais Julian Lemos (PSL) e Frei Anastácio (PT) estiveram juntos em reunião com o ministro Gustavo Canuto, do Desenvolvimento Regional, para cobrar a retomada do bombeamento da Transposição do Rio São Francisco no Eixo Leste, que atende o município de Monteiro, no Cariri da Paraíba. O encontro entre os três aconteceu na manhã desta quarta-feira (18), em Brasília.
O bombeamento foi paralisado para reparos no canal e o fato motivou o evento 'SOS Transposição', organizado pelo ex-governador Ricardo Coutinho, em Monteiro, no dia 1º de setembro. Há cobranças pela retomada do bombeamento da água feitas por autoridades e por moradores.
“Tivemos essa ação conjunta, eu e Julian Lemos, em nome da Paraíba buscando o interesse do povo acima de tudo”, disse Frei Anastácio.
O ministro Gustavo Canuto garantiu aos dois parlamentares que o problema já está sendo resolvido e que Monteiro, além de outros 36 municípios, a exemplo de Campina Grande, estarão recebendo a água da Transposição. O ministro, no entanto, não estabeleceu prazo para o retorno da água, mas garantiu concluir toda revisão do canal do Eixo Leste ainda neste mês. Canuto disse ainda que o bombeamento não foi retomado ainda por uma questão de segurança.
“O ministro nos recebeu muito bem e espero que ele cumpra com o que garantiu na audiência. O povo já está sofrendo com a falta de água e a situação ficará mais grave ainda se o bombeamento não voltar”, disse Frei Anastácio.
Frei Anastácio informa que o reservatório em Camalaú está apenas com 5,95% de sua capacidade, e em Poções, o nível está pior ainda, com apenas 4,71% de sua capacidade total. E o Açude Boqueirão está apenas com 15,77% de sua capacidade de armazenamento. O problema se agrava a cada dia, pois o corte no bombeamento, desde o mês de fevereiro, vem acarretando rachaduras no canal que conduz a água.
“Tememos que a água se acabe nos próximos dias e que o povo paraibano venha sofrer graves consequências com a falta dela. Sem, chuva e sem as águas do canal da transposição, em breve, cerca de 700 mil habitantes irão ficar sem abastecimento, só na região de Campina Grande. Vamos aguardar o que o Ministro fará nos próximos dias”, concluiu Frei Anastácio.
O deputado Julian Lemos publicou o vídeo da reunião, em sua conta no Instagram, e escreveu a seguinte legenda: "O bem da Paraíba nossa missão maior (sic)." Ele explicou que a dupla entregou o ofício ao ministro solicitando a retomada do bombeamento da água para Monteiro.


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.