Ao custo de R$ 971 mil, desfile da Independência em Brasília será um dos maiores dos últimos anos - Jornal Diário do Curimataú
Ao custo de R$ 971 mil, desfile da Independência em Brasília será um dos maiores dos últimos anos

Ao custo de R$ 971 mil, desfile da Independência em Brasília será um dos maiores dos últimos anos

COMPARTILHE
Zero Hora -

A primeira parada de 7 de Setembro do presidente Jair Bolsonaro será uma evocação ao patriotismo e às Forças Armadas. Para celebrar a independência do país, o governo realiza um dos maiores desfiles militares dos últimos tempos e lança uma campanha publicitária que mescla descontos aos consumidores com o elogio cívico aos "valores do Brasil". O Palácio do Planalto diz que 4.680 empresas aderiram à Semana do Brasil, título do ofensiva do comércio varejista que irá se estender até 15 de setembro.
Somente na montagem e organização do evento que pretende levar 50 mil pessoas à Esplanada dos Ministérios, no sábado, o governo irá dispender R$ 971,5 mil. O valor é 15% superior ao gasto pelo então presidente Michel Temer no ano passado. Para facilitar a visualização do desfile, serão espalhados 10 telões pela extensão do Eixo Monumental, ao custo de R$ 28 mil.
O aparato bélico contará com 3 mil soldados desfilando, blindados da Marinha e do Exército, caças da Força Aérea e a Esquadrilha da Fumaça. A grande sensação do desfile será a primeira apresentação ao público da nova aquisição da Aeronáutica, o KC-390, um colosso aéreo multimissão concebido pela Embraer para substituir os Super Hercules principalmente nas tarefas de carga e transporte das Forças Armadas. A parada terá cerca de duas horas de duração, incluindo a participação de 1,5 mil pessoas desfilando, como policiais, estudantes do Distrito Federal e crianças atendidas por programas sociais do governo.
Bolsonaro que fazer do 7 de Setembro uma exibição vigorosa de poder militar e político. Embora não haja previsão de discursos, ele pediu à população que saia às ruas no feriado vestindo verde e amarelo e pretende aproveitar que a parada será transmitida pelas principais emissoras de TV para  reforçar a ideia de que sua vitória nas eleições representa uma segunda independência do país, desta vez livrando a nação de um suposto jugo dos partidos de esquerda.
O presidente vai ocupar a tribuna de honra ao lado dos ministros militares e civis, parlamentares, líderes empresariais e religiosos. Ao todo, serão 220 convidados somente de Bolsonaro, sendo um deles o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal de Reino de Deus. Seis palanques foram montados para receber as autoridades, com prioridade para os ministérios da Defesa, com 300 convidados, das Relações Exteriores, com mais 200, e Secretaria Especial de Comunicação, com também 200 convidados.
O Palácio do Planalto faz segredo sobre a forma como o Bolsonaro chegará ao local. A despeito da presença de atiradores de elite em pontos estratégicos, o uso do Rolls-Royce presidencial teria sido vetado pelo Gabinete de Segurança Institucional. Questionado pelos jornalistas, o porta-voz Otávio Rêgo Barros limitou-se a informou que a primeira-dama Michelle Bolsonaro já estará no palanque quando o presidente chegar.
Há uma preocupação especial com a segurança. Serão 2 mil militares envolvidos só na proteção ao presidente e diversos pontos de revista do público espalhados pela Esplanada. Não será permitida a passagem de objetos perfurantes ou cortantes, como vidros, fogos de artifício e hastes para bandeiras, tampouco o uso de drones.
  • A solenidade começa às 9h. Confira a programação
  • Chegada do Presidente da República à Tribuna e honras militares
  • Execução do Hino Nacional e Canto do Hino da Independência
  • Apresentação do Comandante Militar do Planalto
  • Abertura dos desfiles
  • Desfile escolar
  • Desfile aéreo
  • Tropa a pé da Marinha do Brasil
  • Tropa a pé do Exército
  • Tropa a pé da Força Aérea Brasileira
  • Tropa a pé da Polícia Rodoviária Federal
  • Tropa a pé da Força Nacional de Segurança Pública
  • Tropa a pé da Polícia Militar do DF
  • Tropa a pé do Corpo de Bombeiros Militar do DF
  • Apresentação da Ordem Unida sem comando dos granadeiros
  • Apresentação da Pirâmide Humana
  • Abertura do desfile motorizado _ batedores motociclistas
  • Viaturas da Marinha do Brasil
  • Viaturas do Exército
  • Viaturas da Polícia Federal
  • Viaturas da Polícia Rodoviária Federal
  • Viaturas do Departamento Penitenciário Nacional
  • Viaturas da Polícia Militar do DF
  • Viaturas do Corpo de Bombeiros Militar do DF
  • Viaturas do Samu
  • Bateria Histórica Caiena do 32º Grupo de Artilharia de Campanha
  • Regimento Montado da Polícia Militar do DF
  • Apresentação da Esquadrilha da Fumaça
  • Honras militares
  • Saída do Presidente da República da tribuna e término do desfile
Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.