Quem chamou o prefeito de Picuí de ladrão deverá ser processado por denunciação caluniosa - Jornal Diário do Curimataú
Quem chamou o prefeito de Picuí de ladrão deverá ser processado por denunciação caluniosa

Quem chamou o prefeito de Picuí de ladrão deverá ser processado por denunciação caluniosa

COMPARTILHE
Francisco Araújo -

Neste domingo (4), o procurador jurídico do município de Picuí, Dr. Joagny Augusto, ao participar do programa de rádio ‘Espaço Popular’ dos vereadores situacionistas, enfatizou com muito afinco e comemorou a decisão do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba - TCE-PB – que decidiu por unanimidade, em arquivar uma denúncia dos oposicionistas, onde afirmavam que o prefeito Olivânio Remígio teria desfalcado as finanças do Instituto de Previdência do Município de Picuí – IPSEP.

Na denúncia, os opositores a administração municipal, ainda pediram a prisão do prefeito Olivânio, alegando que o chefe do executivo picuiense estava roubando dinheiro do IPSEP, o que não é verdade.

─ Quem está dizendo isso é o próprio Tribunal de Contas do Estado ─ afirmou Dr. Joagny.

Dr. Joagny fez um levantamento sobre a disponibilidade financeira de vários Institutos Municipais de Previdência Própria na região, e constatou que o de Picuí encontra-se em excelente condição financeira. Veja abaixo:



Ainda de acordo com o programa, os opositores ainda denunciaram que o prefeito Olivânio havia pago o cachê de um cantor de forró, acima do valor real. Após consulta o TCE/PB, constatou que o prefeito pagou valor inferior ao cantor Ranniery Gomes, em relação a outros municípios.

Segundo a assessoria jurídica, quem caluniou o prefeito Olivânio, chamando-o de ladrão, deverá ser processado por denunciação caluniosa, pois de acordo com a lei, em algumas situações, a imunidade parlamentar não é considerada.  

─ Essa decisão do TCE/PB, prova que os vereadores de oposição denunciam sem provas. Todas as denúncias feitas por eles, contra o prefeito Olivânio foram arquivadas pela corte de contas ─ pontuou Joagny.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.