'Verme dentro de olho não é causado por ingestão de peixe cru', diz oftalmologista sobre vídeo que circula no WhatsApp - Jornal Diário do Curimataú
'Verme dentro de olho não é causado por ingestão de peixe cru', diz oftalmologista sobre vídeo que circula no WhatsApp

'Verme dentro de olho não é causado por ingestão de peixe cru', diz oftalmologista sobre vídeo que circula no WhatsApp

COMPARTILHE
ClickPB -

Um vídeo que circula em grupos de whatsApp vem gerando medo e apreensão nas pessoas. Na gravação uma pessoa tem o olho invadido por um verme que se movimenta dento do globo ocular. No texto que narra o vídeo é explicado que a pessoa teve o problema após ingerir peixe cru. No entanto, o Portal ClickPB em entrevista com o oftalmologista, Bruno Siqueira descobriu que se trata de uma notícia falsa. 
Segundo ele, a invasão do verme no olho do paciente não tem nenhuma relação com a ingestão de peixe cru, alimentação popular na cozinha oriental, chinesa e japonesa, e que é bastante consumida no Brasil. 
"Isso é mentira. Trata-se de uma filariose, causada pela elefantíase que é transmitida até por um mosquito e é uma doença bem rara e a filária fica lá nos canais de drenagem linfática. Às vezes pode acontecer raramente de um verme da filária migrar para a conjuntiva como mostra aí no vídeo. Não tem nada a ver com ingestão de peixe cru", explicou. 
No entanto algumas precauções devem ser tomadas pelo público que consome esse tipo de alimento para que se evite problemas intestinais como infecções. O governo japonês, por exemplo, incentiva as pessoas a manter o peixe congelado a temperaturas abaixo de -20°C por pelo menos um dia. Além disso, a instituição afirma que o peixe deve ser aquecido por, pelo menos, um minuto em temperaturas superiores a 60 graus – desse modo, as larvas do parasita são eliminadas.
As recomendações da Agência de Padrões Alimentares dos Estados Unidos (FSA) são similares às do ministério do Japão. Segundo a organização, peixes crus ou levemente cozidos devem ser congelados por quatro dias a uma temperatura de, pelo menos, -15°C.

 

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.