Mãe acusada de aliciar filhas para sexo com homens vai para o presídio; idoso suspeito dos abusos é preso - Jornal Diário do Curimataú
Mãe acusada de aliciar filhas para sexo com homens vai para o presídio; idoso suspeito dos abusos é preso

Mãe acusada de aliciar filhas para sexo com homens vai para o presídio; idoso suspeito dos abusos é preso

COMPARTILHE
PBHoje -

Chegou na noite desta quinta-feira (27), na Penitenciária Feminina Julia Maranhão, em João Pessoa, a mãe de 45 anos que foi presa nessa quarta (26) suspeita de aliciar sexualmente as três filhas menores de idade, 6, 9 e 13 anos, em troca de dinheiro e até de um televisor. A prisão aconteceu no distrito de Cicerolândia, em Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa.
A mulher passou pela audiência de custódia no Fórum de Santa Rita e a justiça decretou a prisão preventiva dela e determinou que ela fosse levada para o presídio feminino.
Na tarde desta quinta, o idoso teria pago para manter relação sexual com a menina de 13 anos, que teve a primeira relação sexual aos 9 anos, foi  preso. Ele teria dado uma televisão para fazer sexo com a criança.
O caso
A denúncia foi feita à Polícia Civil pelo Conselho Tutelar. A delegada da Mulher de Santa Rita, Paula Monalissa, informou que os abusos aconteciam há anos e a maior de 13 anos teria sido abusada desde os 9 anos.
As meninas foram levadas para exames de conjunção carnal no IML de João Pessoa. “A menor de 6 anos foi abusada e o suspeito teria usado o dedo, conforme o laudo. A de 13 anos já é mulher e os abusados acontecem desde os 9 anos, já a 6 anos nada foi comprovado dela ter sido abusada sexualmente. Isso é um absurdo. Elas vivem em uma pobreza extrema e soubemos que um homem teria oferecido até um televisor para manter relação sexual com uma deles”, explicou a delegada.
A mulher vai responder por aliciamento de menores, crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.