NUCA-Picuí realiza atividades do desafio 2 proposto pelo selo UNICEF - Jornal Diário do Curimataú
NUCA-Picuí realiza atividades do desafio 2 proposto pelo selo UNICEF

NUCA-Picuí realiza atividades do desafio 2 proposto pelo selo UNICEF

COMPARTILHE
Ascom -

No dia 9 de abril de 2019 realizou-se a segunda atividade com NUCA, dando continuidade às atividades dos desafios propostos pela plataforma do Selo Unicef. Como responsáveis estiveram presentes: Ediane Deijaly, Rayane Lucena e as estagiárias em Nutrição e Saúde Coletiva, Cora Caroline e Joany Medeiros, representante de Leyla Ribeiro. 

O segundo encontro foi iniciado com a apresentação dos novos integrantes e da temática a ser trabalhada, recapitulando um pouco do encontro anterior. Na oportunidade, o coordenador do NUCA, Gustavo Henrique, realizou uma acolhida de retorno das atividades.
Na sequência, a nutricionista Ediane Deijaly, do PNAE, iniciou uma conversa a respeito do que era consumido nas escolas, a disponibilidade de alimentos saudáveis ou não e se a escola era promotora de saúde. Após, falou-se sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar, PNAE,  esclarecendo algumas dúvidas em relação a merenda escolar que eles consumiam. Foi proposta, como atividade mobilizadora, uma pesquisa nas escolas de origem dos integrantes do NUCA. O objetivo dessa atividade foi a busca de informações a respeito da disponibilidade e venda de alimentos industrializados e suas propagandas, bem como se a escola em questão desenvolve alguma atividade de educação nutricional.
No dia 23 de abril de 2019, foi realizado um novo encontro, a fim de analisar os dados obtidos na pesquisa. A partir da análise, marcou-se um reunião com o Conselho de Alimentação Escolar (CAE), para que fosse discutido e apresentada essa realidades das escolas do município e assim, lançar propostas de melhoria para a problemática. Três representantes se ofereceram para ir: Alexandre, representando o IFPB – Campus Picuí, Elyda, representando a EMEF Ana Maria Gomes e Gustavo, representando a ECIT Professor Lordão.
Esse encontro foi realizado como 3° etapa do desafio 2.2 e o que encerra. Na oportunidade, os três representantes apresentaram gráficos de copilação dos dados obtidos na pesquisa realizada nas escolas, gerando um diálogo referente à disponibilidade desses alimentos para os estudantes do município. Também foi realizada propostas de melhorias como: leis para a proibição de entrada de alimentos industrializados nas escolas e a capacitação dos vendedores para produzir alimentos mais saudáveis e não afetar a habitual renda, essa proposta chamou atenção dos presentes na reunião, pois o grupo pensou em como poderia afetar os vendedores na questão de renda, tornando-se uma proposta que viabiliza às ações de políticas públicas.





Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.