Caminho profuso das Escolas Cidadãs Integrais impulsiona Escolas Regulares na Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Caminho profuso das Escolas Cidadãs Integrais impulsiona Escolas Regulares na Paraíba

Caminho profuso das Escolas Cidadãs Integrais impulsiona Escolas Regulares na Paraíba

COMPARTILHE
Ascom -

Partimos do princípio que no contexto atual da realidade político-brasileira, Educação marca grandes evoluções. Para nós paraibanos, falar em Educação tem sido constantemente, motivo de entusiasmo. As escolas de tempo e educação integral aclamadas pelos bons resultados de Pernambuco, serviram de inspiração para outros estados e a Paraíba foi um deles. Chamadas de Escolas Cidadãs Integrais, começaram a ser pensadas em 2015 e já foram implantadas em 2016, a princípio com 8 unidades. Diante do bom desempenho e aceitação por parte da comunidade escolar, em 2017 o número foi ampliado para 33 Escolas Cidadãs Integrais.  No ano seguinte, os feitos foram tão efusivos que pularam de 33 para 102 escolas contempladas. Este ano, a Paraíba é o segundo Estado do Brasil, com maior percentual de escolas em Educação Integral possuindo, portanto, 37% das escolas funcionando assim. Atualmente são 153 escolas em 89 cidades e com 50 mil estudantes beneficiados. Só na 4ª Gerência Regional de Ensino são 9 escolas.



De Diretor de Escola Cidadã a Gerente Regional, hábitos adquiridos não são deixados de lado

José Maricléferson Gomes e Silva, atualmente Gerente da 4ª Regional de Educação, vivenciou as metodologias exitosas das Escolas Cidadãs Integrais, como acolhimento e práticas de TGE (Tecnologia de Gestão Educacional) durante o período que passou como gestor da ECIT Jornalista José Itamar da Rocha Cândido, assim os hábitos adquiridos quando diretor e a pedido da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba, algumas metodologias de êxito das escolas de tempo integral agora são incluídas nas Escolas Regulares da gerência. Acolhimento diário, Guias de Aprendizagem e outras noções de TGE figuram as novas atribuições dessas escolas.

As cidades de Frei Martinho, Nova Palmeira, Baraúna, Nova Floresta, Cuité, Sossego, Barra de Santa Rosa, Damião, Picuí, Cubati, Pedra Lavrada e Seridó fazem parte da 4ª Gerência Regional de Ensino. Ao todo são 6 Escolas Cidadãs Integrais, 3 Escolas Cidadãs Integrais Técnicas e 11 Escolas Regulares, totalizando 21 escolas (ECI Orlando Venâncio dos Santos, EEEF André Vidal de Negreiros, ECI Pedro Henrique da Silva, ECIT Jornalista José Itamar da Rocha Cândido, EEEM Prefeito Severino Pereira Gomes, EEEF José Coelho, EEEFM José Luiz Neto, ECIT Iolanda Tereza Chaves, ECI Francisco Marques de Melo, ECI Prefeito Aguitonio Dantas, EEEFM José Rolderick de Oliveira, EEEF Depurado José Pereira, ECI Antonio Coelho Dantas, ECI Graciliano Fontini Lordão, EEEM Matildes de Melo Burity, ECIT Professor Lordão, EEEFM Felipe Tiago Gomes, EEEM Severino Gregório, EEEFM José Vitorino de Medeiros, EEEF Inácio Claudino, EEEFM Cícero dos Anjos), beneficiando 7.977 estudantes. Segue o trabalho!


Escolas Cidadãs Integrais, Técnicas e/ou Socioeducativas da Paraíba

O foco das Escolas Cidadãs, sejam elas Integrais, Técnicas ou Socioeducativas, está na formação dos jovens por meio de um desenho curricular diferenciado e com metodologias específicas, que apresentam aos estudantes do Ensino Médio possibilidades de se sentirem integrantes do seu Projeto de Vida, pois tudo gira em torno do estudante e dos seus sonhos e objetivos.


O período letivo tem a duração diária de 9 horas e 30 minutos, com refeições incluídas (almoço e lanches) e nesse espaço de tempo, além das disciplinas obrigatórias, aos estudantes são oferecidas semestralmente, disciplinas eletivas, propostas pelos professores e\ou pelos estudantes e objetivam diversificar, aprofundar e enriquecer os conteúdos trabalhados pelas disciplinas da Base Nacional Comum. Assim como, são estimulados a participar de organizações como Clubes de Protagonismo, Conselho de Líderes, Grêmio Estudantil ou ainda se juntar para colaborar no dia-a-dia da escola.


As Escolas Cidadãs Integrais vêm apresentando excelentes resultados tanto em avaliações internas quanto externas e outras melhorias. É alto o índice de aprovações no Sisu ou até mesmo da participação no ENEM 2018, pois são 91% dos estudantes matriculados no 3º ano do Ensino Médio tentando uma vaga em alguma Instituição de Ensino Superior. O crescimento do IDEPB é 3 vezes maior do que o das escolas de ensino regular, já no segundo ano de implantação e é valido salientar que a Paraíba, considerando apenas estas escolas de ensino integral, no segundo ano de implantação, está entre os três melhores estados do país em relação ao IDEB.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.