Morre aos cem anos o repentista e poeta popular João Furiba - Jornal Diário do Curimataú
Morre aos cem anos o repentista e poeta popular João Furiba

Morre aos cem anos o repentista e poeta popular João Furiba

COMPARTILHE
Redação - 

O repentista e poeta popular João Furiba faleceu nesta quinta-feira (31) aos cem anos de idade. Ele estava internado em um hospital da cidade de Cajazeiras, no Sertão do Estado.
João Furiba nasceu em Taquaritinga do Norte, Pernambuco, mas viveu boa parte de sua vida em Sumé, no Cariri da Paraíba. Há algum tempo ele vivia na cidade de Triunfo, no Sertão da Paraíba, com a sua terceira esposa.

O seu velório e sepultamento devem acontecer na cidade de Triunfo, mas ainda não foram divulgados os detalhes como horário e local.

O artista era considerado uma lenda da cantoria nordestina e está incluído entre os maiores repentistas de todos os tempos. Gravou vários discos e publicou o livro Furiba: falando a Verdade.

João Furiba começou a cantar aos 12 anos de idade, na cidade de Taguaritinga do Norte, onde nasceu, com a viola que ganhou do avô. Aos 15, já fazia duetos com canhotinho, Josué da Cruz, José Alves Sobrinho, João da Silveira, entre outros grandes cantadores da época.

No final dos anos 40, foi autor de centenas de cantorias ao lado de Pinto do Monteiro, reconhecido por estudiosos e especialistas como o maior de todos os tempos.

O poeta popular foi discípulo de Pinto do Monteiro, com quem viajou por mais de 15 anos e faz parte da galeria dos maiores repentistas do Brasil, brilhando na mesma constelação onde brilham Geraldo Amâncio, Ivanildo Vila Nova, Os Batistas, Os Bandeiras, Moacir Laurentino, Valdir Teles, Oliveira de Panelas e Sebastião da Silva.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.