Homem que trabalhava como palhaço é assassinado na Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Homem que trabalhava como palhaço é assassinado na Paraíba

Homem que trabalhava como palhaço é assassinado na Paraíba

COMPARTILHE
G1 - 

Um homem foi morto a facadas e com um tiro na noite da terça-feira (31), em Taperoá, no Cariri paraibano. De acordo com a Polícia Civil, a vítima, que trabalhava como palhaço na cidade, foi surpreendida pelo suspeito por volta das 20h, quando andava em uma rua do bairro do Alto.

Segundo a polícia, Edvando Augusto Ribeiro dos Santos, de 31 anos, foi atingido por vários golpes de faca e por um disparo de arma de fogo. O homem chegou a ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, que informou que ele não resistiu aos ferimentos e morreu às 4h desta quarta-feira (31).

O corpo de Edvando Augusto Ribeiro foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande. Ainda de acordo com a Polícia Civil, as primeiras investigações apontam que a vítima já havia tido discussões com o suspeito do crime. Até às 8h desta quarta, o suspeito não tinha sido localizado.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.