Rompimento da transposição não deve afetar chegada das águas na PB - Jornal Diário do Curimataú
Rompimento da transposição não deve afetar chegada das águas na PB

Rompimento da transposição não deve afetar chegada das águas na PB

COMPARTILHE
Portal correio -

O rompimento de um trecho do canal do eixo norte da transposição do São Francisco não vai atrasar o cronograma de entrega da obra, prevista para estar conclusa até o fim deste ano. A informação foi confirmada ao Portal Correio nesta segunda-feira (13) pelo Ministério da Integração Nacional, responsável pela obra.

Conforme o Ministério, a previsão era de que as obras para recuperar o trecho rompido estavam previstas para terminar nesta segunda, mas após uma reanalise do problema foi constatada necessidade de uma melhor reestruturação.

“Após novas análises, constatou-se que o dano causado ao trecho foi maior do que o inicialmente avaliado. Desta maneira, a restauração do canal deverá ser concluída até o final desta semana”, informou o Ministério.

Águas só devem chegar à Paraíba em 2019

Segundo o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), João Fernandes, o estado só deve receber as águas do eixo norte da transposição a partir do início de 2019.

“Não iremos receber essas águas este ano porque elas irão seguir direto de Salgueiro para o Ceará, enchendo o açude de Jataí, o que deve demorar até outubro. Além disso, existem obras que ainda precisam ser complementadas e acabadas para que as águas possam descer para a Paraíba, abastecendo os rios Piranhas e Piancó, levando água para o Sertão”, afirmou João Fernandes.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.