Polícia detém suspeitos de matar aposentado na Paraíba - Jornal Diário do Curimataú
Polícia detém suspeitos de matar aposentado na Paraíba

Polícia detém suspeitos de matar aposentado na Paraíba

COMPARTILHE
Mais PB -

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Núcleo de Homicídios, Grupo Tático Especial (GTE) e Delegacia de Boqueirão, no Cariri paraibano, que fazem parte da 11ª Delegacia Seccional de Queimadas, cumpriram, na manhã desta quarta-feira (25), um mandado de prisão preventiva em desfavor de Daniel Nascimento Marinho, 19 anos, e uma medida de internação provisória de um adolescente de 15 anos. Eles são investigados pela prática de latrocínio, roubo seguido de morte.

O crime aconteceu no dia 2 de julho deste ano. De acordo com o inquérito policial, por volta das 23h30, Daniel e o adolescente invadiram a casa do aposentado Sebastião Lopes da Silva, 68 anos, com a intenção de praticar um roubo. Durante a ação criminosa, o aposentado foi ferido com vários golpes de faca e foice e um deles atingiu o pescoço da vítima, que quase foi degolada. Os suspeitos roubaram da casa do aposentado um botijão de gás, roupas e um pequeno valor em dinheiro.

A vítima ainda chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Sebastião foi levado para o Hospital de Boqueirão, mas por causa da gravidade dos ferimentos acabou morrendo antes de ser atendido na unidade de saúde. No dia do crime os policiais civis descobriram durante os levantamentos a identidade dos dois suspeitos. Eles passaram a ser investigados e quando a ligação de Daniel e do adolescente com o caso foi confirmada foram solicitados à Justiça o mandado de prisão e a medida de internação.

“Os investigados foram abordados na manhã desta quarta-feira no Centro de Boqueirão. Não existem dúvidas de que eles estão ligados com o caso do latrocínio do aposentado. Um crime praticado com requintes de crueldade que chocou os moradores da cidade. Trabalhamos muito para descobrir a autoria do crime e agora eles serão entregues à Justiça. Inclusive Daniel já foi encaminhado para o Presídio do Serrotão, em Campina Grande, e o adolescente para o Lar do Garoto, em Lagoa Seca, desta forma encerramos o caso”, concluiu o delegado Cristiano Santana.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.