Avó de criança violentada sexualmente pela mãe pode perder a guarda do neto - Jornal Diário do Curimataú
Avó de criança violentada sexualmente pela mãe pode perder a guarda do neto

Avó de criança violentada sexualmente pela mãe pode perder a guarda do neto

COMPARTILHE
Redação -

O Conselho Tutelar de Areia informou através de um comunicado oficial que dará continuidade ao processo de acompanhamento do menino de 4 anos que foi estuprado pela própria mãe. O foco do acompanhamento será direcionado à avó do garoto. 

Será avaliado pelo conselho, as condições sociais e pessoais da responsável. No caso de constatação de alguma irregularidade, a responsabilidade e guarda da criança pode ser encaminhada para outra pessoa da família.

Alfredo Melo Neto, conselheiro da cidade, informou em entrevista à imprensa, que também serão realizadas visitas à casa onde a criança está alojada. O conselheiro também disse que eles não sabem onde mora o pai da criança, apesar de ter toda a documentação dele.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.