Aos 18 anos, estudante de Brasília se torna o advogado mais jovem do Brasil - Jornal Diário do Curimataú
Aos 18 anos, estudante de Brasília se torna o advogado mais jovem do Brasil

Aos 18 anos, estudante de Brasília se torna o advogado mais jovem do Brasil

COMPARTILHE
G1 -


Nesta sexta-feira (27), a Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal entregou a carteira profissional ao advogado mais jovem do país. Aos 18 anos, Mateus de Lima Costa Ribeiro se formou na Universidade de Brasília (UnB) e, há poucos meses, foi aprovado "de primeira" no Exame da Ordem.
A trajetória acadêmica começou em 2014, quando o estudante foi aprovado no vestibular da UnB com apenas 14 anos. Pela lei, ele não poderia se matricular na universidade, porque ainda cursava a 8ª série (atual 9º ano) do ensino fundamental.
Uma decisão liminar permitiu que ele entrasse na faculdade, desde que passasse em uma prova com o conteúdo do ensino médio. À TV Globo, ele contou que teve de percorrer uma "maratona": em 24 horas, devorou três anos de matérias escolares e concluiu a etapa.
"Foram, assim, cinquenta provas de todas as matérias possíveis e imagináveis. As 24 horas mais intensas da minha vida, eu literalmente nem dormi direito."
Já devidamente matriculado, a rotina não ficou mais leve: "Tinha dia que era disciplina de manhã, de tarde e de noite", diz.
Com 256 créditos previstos, estágio e monografia, o curso de direito é um dos mais concorridos – e também, um dos mais puxados – da universidade. O próprio sistema eletrônico da UnB indica que, normalmente, os alunos têm entre cinco e oito anos para concluir o bacharelado.
Mais uma vez, Mateus Ribeiro decidiu que o prazo era longo demais. Acumulando matérias, cursos de verão e atividades extraclasse, ele foi autorizado a concluir o curso em 4 anos. Com a entrega da carteira profissional nesta sexta, ele já está apto a atuar como advogado.

Em casa e na escola
O interesse pelo mundo das leis não surgiu do nada: Mateus é filho de um casal de advogados, e aderiu à influência que também já tinha capturado os dois irmãos mais velhos.
O recorde quebrado nesta sexta, inclusive, pertencia a um dos irmãos de Mateus Ribeiro. Hoje doutor em direito, João Costa Ribeiro Neto conquistou a carteira da OAB aos 20 anos.
Na conversa com a TV Globo nesta sexta, Mateus disse que os primeiros passos rumo à advocacia foram dados ainda antes do vestibular, aos 10 anos de idade. Na tentativa de escapar de um castigo, ele recorreu a uma estratégia que os pais já conheciam: um pedido de habeas corpus.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.