Vítimas de supostas agulhadas no Parque do Povo são intimadas para prestar depoimentos - Jornal Diário do Curimataú
Vítimas de supostas agulhadas no Parque do Povo são intimadas para prestar depoimentos

Vítimas de supostas agulhadas no Parque do Povo são intimadas para prestar depoimentos

COMPARTILHE
Click PB -

A Polícia Civil intimou 12 supostas vítimas de perfurações por agulhas no Parque do Povo, no São João de Campina Grande, para prestarem depoimentos nesta quarta-feira (13), na Central de Polícia da cidade. Até o final da tarde desta terça-feira, o Hospital de Trauma de Campina Grande registrava 20 casos, sendo 19 no Parque do Povo, no São João de Campina Grande, e um na Namoradrilha. 

O delegado responsável pela investigação, Henrifábio Bandeira Ribeiro, delegado seccional de Campina Grande, disse que vai ouvir 12 pessoas nesta quarta e as demais vítimas serão ouvidas na quinta-feira. 

O Hospital de Trauma de Campina Grande confirmou que as pessoas relataram terem sido feridas por agulhas durante a festa no Parque do Povo. O delegado Henrifábio obteve do hospital a relação de 15 nomes de pessoas que foram atendidas até a manhã desta terça-feira (12) e vai começar a ouvi-las a partir das 9h desta quarta-feira. Na tarde desta terça, no entanto, o número de pessoas atendidas no Trauma aumentou.  

O delegado observou que ainda vai apurar se os casos de perfurações relatados representam realmente algum risco de contaminação, bem como se de fato se tratam de agulhadas.  “A partir do momento que eu receber os laudos médicos delas e a partir do momento que eu escutar essas pessoas, eu vou poder fazer um juízo de valor para saber até que ponto elas foram ou não perfuradas por uma agulha”, disse o delegado.

Henrifábio Bandeira confirmou que apenas uma pessoa registrou a ocorrência na Delegacia.

“Essas pessoas, em determinado momento, sentiram um arranhão, uma picada, e depois que começou a se divulgar, o número de casos aumentou, tanto que passou de cinco casos na segunda-feira pela manhã, para 15 na terça-feira pela manhã”, esclareceu.  

O delegado também informou que já recebeu as imagens do Parque do Povo, capturadas por 120 câmeras, no período de 20h às 4h da manhã. “Eu estou esperando começar a ouvir as vítimas para gente poder filtrar horário aproximado, local aproximado e identificar as vítimas, porque eu tenho apenas o nome delas, não tenho a fisionomia”, explicou o delegado.  

As pessoas que procuraram o Hospital de Trauma receberam os primeiros atendimentos, como vacina contra hepatite C e o coquetel antiviral.
Nesta terça-feira (12), a atração principal do São João de Campina Grande é o cantor Luan Santana. O delegado disse que a segurança está reforçada e está havendo um maior rigor na vistoria, embora reconhecendo a dificuldade de se barrar a entrada de uma agulha de seringa no local. “A gente está tomando todas as providências para minimizar qualquer tipo de ocorrência”, disse o delegado.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.