Prefeito de Bayeux preso por crime de corrupção e peculato já recebeu mais de 240 mil reais de salário sem trabalhar - Jornal Diário do Curimataú
Prefeito de Bayeux preso por crime de corrupção e peculato já recebeu mais de 240 mil reais de salário sem trabalhar

Prefeito de Bayeux preso por crime de corrupção e peculato já recebeu mais de 240 mil reais de salário sem trabalhar

COMPARTILHE

Clilson Júnior

O prefeito de Bayeux - cidade da Grande João Pessoa-, Berg Lima foi preso em flagrante na tarde desta no dia 5 de julho de 2017, em uma ação do Ministério Público da Paraíba (MPPB), acusado de corrupção passiva e peculato após receber dinheiro de um empresário fornecedor da prefeitura de Bayeux, continua recebendo sem trabalhar.


Berg ficou 146 dias preso no 5º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba sem dá um dia de expediente, mas todos os meses vem recebendo R$ 20 mil de salário, segundo dados do Tribunal de Contas da Paraíba.

Bayeux é o único município do Brasil que no mês de abril pagou salario a 3 prefeitos de uma só vez: Berg Lima abocanhou R$ 20 mil sem trabalhar, além de Luiz Antônio e Noquinha que também receberam como prefeito.



Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.