Polícia ainda não sabe se ossada achada é de criança ou adulto - Jornal Diário do Curimataú
Polícia ainda não sabe se ossada achada é de criança ou adulto

Polícia ainda não sabe se ossada achada é de criança ou adulto

COMPARTILHE
Portal correio -

O delegado-geral da Polícia Civil na Paraíba, João Alves, ao Correio Debate, da Rede Correio Sat 98 FM, afirmou que ainda não foi possível determinar se é de uma criança a ossada humana encontrada em um matagal de João Pessoa, na manhã desta sexta-feira (15).

Conforme o delegado, apenas quando exames cadavéricos forem realizados nos restos mortais é que a perícia vai apontar a idade e sexo da vítima. “[A ossada] vai ser periciada. A gente não sabe ainda se era de adulto, se era de adolescente, se era de criança. O que posso afirmar é que uma ossada com todas as características de ossada humana, mas o laudo é que vai definir idade e encontrar pessoas que a gente suspeita que seja da família”, afirmou João Alves.

O caso

Ossos humanos foram encontrados em um matagal no bairro Costa e Silva, em João Pessoa, na manhã desta sexta-feira (15). Ao Portal Correio, a Polícia Civil confirmou que chegou ao local após trabalhos de investigação. A ossada não estava completa, mas, de antemão, a polícia acredita que trata-se de restos mortais de uma criança.

“Apenas alguns ossos foram encontrados, a ossada não estava completa. Mas deu para perceber crânio e dentes pequenos, o que faz a polícia acreditar que eram de uma criança. No entanto, só a perícia irá confirmar isso. O material foi recolhido e o delegado já requisitou vários exames, incluindo a coleta de DNA”, explicou o escrivão Alysson Pessoa.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713