Conheça os riscos de comprar gás de cozinha em revendas não autorizadas - Jornal Diário do Curimataú
Conheça os riscos de comprar gás de cozinha em revendas não autorizadas

Conheça os riscos de comprar gás de cozinha em revendas não autorizadas

COMPARTILHE
Portal correio -

Um dos reflexos da ‘Crise do Diesel’ foi o desabastecimento de gás de cozinha nos pontos de venda em todo o Estado. Uma semana após o fim das paralisações, o abastecimento e as vendas desse produto ainda estão voltando ao normal, mas os consumidores precisam ficar atentos ao comprar gás em depósitos não autorizados.

As revendedoras clandestinas aproveitam a oportunidade instável para lucrar, mas isso traz riscos para os consumidores. O presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP (Sinregás-PB), Marcos Antônio, explica que é possível encontrar produtos adulterados e sem registros, sendo assim, um grande risco.

“Quando se compra em um estabelecimento onde não se tem nota fiscal , se corre o risco de acontecer um acidente com esse botijão e você não tem onde reclamar”, explica Marcos.

No Estado, são quase 2 mil autorizadas que garantem a origem do produto. Antes de comprar, o consumidor precisa então verificar se o estabelecimento disponibiliza a nota fiscal.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.