“Temer decreta guerra civil”, diz representante de caminhoneiros - Jornal Diário do Curimataú
“Temer decreta guerra civil”, diz representante de caminhoneiros

“Temer decreta guerra civil”, diz representante de caminhoneiros

COMPARTILHE
MaisPB -

O presidente da Associação dos Caminhoneiros da Paraíba, Emerson Galdino, reagiu, nesta sexta-feira (25), a convocação feita pelo presidente Michel Temer das Forças de Segurança para desobstruir as rodovias federais.  De acordo com ele, o presidente Michel Temer pode ter “decretado uma guerra civil” no país.
“Não estamos intervindo no direito de ir e vir de ninguém. Acho que dessa forma que Temer  acaba de decretar uma guerra civil. Ele não poder proibir nenhum trabalhador de fazer manifestação civil e ordeira”, afirmou em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM.
Ele garantiu que o movimento não recuará de continuar protestando porque não está promovendo bloqueio nas rodovias federais. O representante dos caminhoneiros disse ainda que os caminhoneiros  estão  preparados para enfrentar o que vier porque tem respeito às autoridades e se mobilizam de forma ordeira e pacífica.
“Ninguém é obrigado a trabalhar. Espero que isso não aconteça porque nenhum companheiro é obrigado a entrar no caminhão e dirigir”, destacou.    

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.