Governo Federal fecha programa Farmácia Popular em 12 cidades paraibanas - Jornal Diário do Curimataú
Governo Federal fecha programa Farmácia Popular em 12 cidades paraibanas

Governo Federal fecha programa Farmácia Popular em 12 cidades paraibanas

COMPARTILHE
ClickPB -


27 estabelecimentos em 12 cidades paraibanas foram desligados do programa Farmácia Popular do Brasil por determinação do Governo Federal. O despacho assinado pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Marco Antônio de Araújo Fireman, foi publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (18).
Somente na capital do estado, João Pessoa, 11 farmácias conveniadas serão retiradas do programa. Em Campina Grande o corte afeta cinco estabelecimentos. De acordo com o despacho, as farmácias que terão o convênio encerrado estavam com alguma irregularidade ou suspeita de fraude.
Em todo o Brasil, o programa foi fechado em 1.729 farmácias, correspondendo a cerca de 5% do total dos mais de 31 mil estabelecimentos que tinham convênio com o programa Farmácia Popular do Brasil em todo país. Em nota, o Ministério da Saúde informou que os estabelecimentos que perderam a credencial apresentavam "alguma irregularidade ou indícios de fraude".
Ainda de acordo com o ministério, a expectativa é reduzir os custos de R$ 500 milhões por ano com os cortes, o equivalente a um sexto do orçamento anual do programa, que é de R$ 3 bilhões.

Farmácia Popular do Brasil
O Programa Farmácia Popular do Brasil foi criado com o objetivo de oferecer mais uma alternativa de acesso da população aos medicamentos considerados essenciais. O Programa atende cerca de 10 milhões de usuários por mês, através de 31.081 estabelecimentos credenciados, com conexão de vendas ativa, em 4.381 municípios brasileiros.

Cidades paraibanas afetadas por corte do programa Farmácia Popular:
João Pessoa
Campina Grande

Queimadas
Sapé
Guarabira
Itabaiana
Condado
Bayeux
Patos
Rio Tinto
São Miguel de Taipu
Nova Palmeira


Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.