Falta de combustível afeta entrega de medicamentos em farmácias - Jornal Diário do Curimataú
Falta de combustível afeta entrega de medicamentos em farmácias

Falta de combustível afeta entrega de medicamentos em farmácias

COMPARTILHE
Caroline Queiroz -


Por conta da falta de combustível, nem todas as farmácias de João Pessoa receberam medicamentos nesta sexta-feira (25). Para garantir a entrega de remédios durante a greve dos caminhoneiros o Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos de João Pessoa (Sindifarma-JP) adotou a estratégia de utilizar veículos pequenos para “furar’ bloqueios, no entanto, a falta de combustível afetou o cumprimento de algumas rotas.
De acordo com o vice-presidente do Sindifarma-JP, Nailton Paes Júnior, a distribuição dos medicamentos nas farmácias deve ser feita diariamente. Apesar da greve ter iniciado na última segunda-feira (21), até ontem a entrega dos produtos estava sendo feita regularmente, mas por conta da escassez de combustível, nem todas as rotas foram feitas hoje.
“Os veículos grandes já foram substituídos pelos pequenos para conseguir passar pelos bloqueios nas vias. Mas agora a falta de combustível está nos afetando”, explica.
O representante explicou ao Portal MaisPB que a maioria das farmácias só mantém estoque suficiente para o dia. Segundo ele, algumas unidades recebem medicamento mais de uma vez durante o expediente de funcionamento.
A situação só vai ser regularizada quando o combustível estiver disponível para abastecer os veículos de distribuição. “Estamos de mãos atadas”, afirmou.
No quarto dia de paralisação dos caminhoneiros, 6,3 milhões de medicamentos, que atenderiam 90% do território brasileiro e 2,4 milhões de consumidores, estão ameaçados de não chegar ao destino final. O alerta é da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). A entidade informou ainda que alguns veículos foram apedrejados e os motoristas agredidos durante o percurso entre os centros de distribuição e os pontos de venda.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.