Dois presos na PB durante operação nacional contra pedofilia são liberados após pagar fiança - Jornal Diário do Curimataú
Dois presos na PB durante operação nacional contra pedofilia são liberados após pagar fiança

Dois presos na PB durante operação nacional contra pedofilia são liberados após pagar fiança

COMPARTILHE
G1 - 

Dois homens foram presos em flagrante em João Pessoa nesta quinta-feira (17), na maior operação de combate à pornografia infantil da história no Brasil, que prendeu até agora 132 pessoas em flagrante no país até as 11h15 desta quinta-feira (17), segundo o Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Na Paraíba, foram presos em flagrante um estudante de Gastronomia de 25 anos e um aposentado de 59 anos. A Operação foi batizada de Luz na Infância 2.

Os dois suspeitos pagaram fiança e foram soltos para responder ao processo em liberdade. De acordo com informações da polícia, o estudante pagou fiança de R$ 3 mil e o aposentado pagou fiança de R$ 1 mil.

Na Paraíba, estão sendo cumpridos cinco mandados, em João Pessoa, Campina Grande e em Remígio, no Agreste paraibano. As prisões aconteceram nos bairros Jardim Oceania e Tambaú. Nas casas dos presos foram apreendidos materiais eletrônicos como computador, celular e tablet. Os equipamentos apreendidos devem passar por perícia.

De acordo com a delegada da Infância e da Juventude, Joana Darc, os homens foram presos em flagrante com conteúdo de pornografia infantil em seus computadores com conteúdo referente a pedofilia. 
No país, foram cumpridos 579 mandados de busca e apreensão, no Distrito Federal e em 24 estados. Apenas Paraná e Rio Grande do Norte não estão na operação. 

A ação nacional intitulada Luz na Infância 2 é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública e realizada pelas polícias civis de cada estado. Segundo o ministro Raul Jungmann, 1 milhão de arquivos foram analisados, utilizando métodos de inteligência.

Ao todo, 2,6 mil policiais de todo o país fazem apreensão de arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes. Suspeitos também estão sendo detidos em flagrante.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública com base em elementos informativos coletados em ambientes virtuais. A operação é realizada na véspera do Dia Nacional de Combate à Violência e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.