Colapso a vista em Picuí: Postos começam a faltar combustível - Jornal Diário do Curimataú
Colapso a vista em Picuí: Postos começam a faltar combustível

Colapso a vista em Picuí: Postos começam a faltar combustível

COMPARTILHE
Creative TV -



Desde que iniciou a paralisação dos caminhoneiros em todo país com os combustíveis chegando aos R$5,20 em algumas cidades, a população de Picuí está tentando de todas as formas abastecerem veículos e motos antes que acabe.
Em Picuí, começam a se formar filas para abastecimento enquanto há tempo. Na RN-288, que faz divisa com Carnaúba dos Dantas, os caminhoneiros estão protestando e bloqueando a via queimando pneus. 

O colapso iminente está deixando a população em pânico no que se refere a locomoção através de veículos. As instituições públicas como prefeituras, hospitais, escolas e outros órgãos também ficarão prejudicados caso haja desabastecimento nos postos.


EFEITO DOMINÓ
Analisando de uma ponta a outra, com a falta de combustíveis, ambulâncias irão parar, ônibus escolares não circularão, limpeza urbana não funcionará, frutas em supermercados e feiras livres não chegarão ao consumidor, compras feitas na internet não serão entregues, ou seja, será um impacto tão grande que toda população ficará prejudicada.


O QUE EXISTE POR TRÁS
De acordo com o professor de direito da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), Afrânio Jardim, sobre a manifestação dos caminhoneiros, não se trata de greve de caminhoneiros e, sim, uma paralisação determinada pelas empresas que exploram este tipo de atividade econômica.
Trata-se de um verdadeiro "Lock Out".
Pela televisão, se verifica que são quase todos caminhões sem carroceria, do mesmo modelo e cor. Alguns têm faixas contra os impostos e não contra o preço do combustível.  Os tradicionais caminhões de frete estão transitando normalmente.


Ademais, o "Sistema Globo" de Rádio e Televisão está dando ampla e permanente cobertura jornalística, com o propósito oculto de "inflar" o movimento dos patrões. Este tipo de "Lock Out" foi a "gota  d'água" para a queda do governo socialista de Salvador Allende, no Chile, e foi usado, aqui no Brasil, para criar um clima favorável ao golpe militar que derrubou o governo democrático e constitucional de João Goulart.

Estamos "escaldados" e podemos dizer com Willian Shakespeare que "há mais coisa entre o céu e a terra do que sonha a nossa vã filosofia" ... Vamos denunciar esta farsa !!!
  
Leia mais notícias em diariodocurimatau.com,  siga  nossas páginas no Facebook, no Twitter,  Instagram e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Jornal Diário do Curimataú pelo WhatsApp (83) 9 8820-0713.